Vivo unifica sistemas para se reforçar na nuvem. Foto: divulgação.

A Telefônica Vivo divulgou nesta quinta-feira a unificação e migração de suas plataforma de cloud para o datacenter Tier 3 da companhia na América Latina, em Santana do Parnaíba, em São Paulo.

Com a mudança, a empresa afirma que terá alta disponibilidade e performance para qualquer tipo de transação, com rede e datacenter próprio e dedicado à ofertas na nuvem, pelo Vivo Cloud Plus, com atenção especial para o mercado corporativo.

O serviço de Infrastructure as a Service (IaaS) conta com a tecnologia Vblock, criada pela joint venture VCE (Cisco,  EMC e VMware), com componentes integrados de processamento, balanceamento, virtualização e armazenagem.

Entre os produtos na nuvem que serão oferecidos com a nova estrutura estão serviços como para áreas de segurança da informação, serviços financeiros, aplicações, M2M (Machine to Machine), e-Health, CDN (Content Delivery Network) e publicidade.

Conforme destacou a operadora, o Vivo Cloud Plus o cliente poderá investir melhor em seu core business, evitando investimentos iniciais em compra de equipamentos, sistemas operacionais e softwares de banco de dados. A economia se estende inclusive a custos com capacitação de pessoal especializado.