Almir Meinerz.

A SPRO, consultoria SAP sediada em Curitiba com forte especialização em agronegócio, é a primeira parceira da multinacional alemã no Brasil a ter um produto certificado no Leonardo, o portfólio de produtos de Internet das Coisas da SAP.

A companhia criou uma solução que usa sensores para fazer a gestão de aviários, medindo variáveis como temperatura, luminosidade, umidade, CO₂, nível de amônia, peso do frango, peso da ração, consumo de água e energia, entre outras.

Caso algum dos indicadores fique fora de parâmetros pré-determinados, o software dispara um alerta para os responsáveis. 

“No caso de desvio de qualquer processo, estas informações são convertidas em alertas. Assim, é possível antecipar desvios e realizar correções em tempo real”, explica o presidente-executivo da SPRO, Almir Meinerz.

A solução armazena dados na nuvem e pode gerar análises preditivas a partir de dados de diferentes granjas. Aplicações parecidas poderiam ser usados na área de  suinocultura, a piscicultura e a bovinocultura de leite.

O Leonardo foi apresentado pela SAP em 2017 e é uma plataforma que permite conectar aplicações da multinacional com o mundo emergente de tecnologias como IoT, big data, machine learning e blockchain.

Em todo mundo, só seis empresas tem produtos certificados Leonardo. Uma da Argentina, uma da Bélgica, uma na Holanda e outras duas na Coréia do Sul.

O novo produto foi lançado alguns meses depois da SPRO fazer um investimento de valor não revelado na E-Aware Technologies, uma startup gaúcha especializada no projeto de sensores sem fio sob medida com aplicações em manufatura e agronegócio.

A E-Aware já tinha as soluções em fase de teste em laboratório em Palotina, no oeste do Paraná, onde sensores de ambiência foram instalados em duas granjas.

A SPRO, que tem uma base respeitável de projetos com tecnologia SAP entregues para clientes no agronegócio, incluindo nomes como Consolata Alimentos, BSBIOS, C.Vale, Coopercitrus, BRF e Nidera.

Criada em 2008, a companhia tem filiais em Cascavel, Joinville e São Paulo.