Brasil cresce no 4T13. Foto: divulgação.

O IBGE divulgou números sobre a economia brasileira, registrando um crescimento de 2,3% em 2013, na sequência de uma expansão de 1% um ano antes. No quarto trimestre, o PIB teve uma expansão de 0,7%.

Para o instituto, os números finais apontam um aumento de 2,1% no valor adicionado e de 3,3% nos impostos. O crescimento superou a expectativas de especialistas do segmento, que estimavam um avanço de 2,2% para o ano.

A agropecuária foi destaque, registrando um superávit de 7%. Em seguida vem o setor de serviços, que cresceu 2%. Em terceiro está a indústria, com ampliação de 1,3%.

Em comparação com os percentuais do ano anterior, apenas o setor industrial teve queda em seu índice de crescimento - em 2012 foi de 1,5%, enquanto que a Agropecuária avançou 2,4% e serviços tiveram percentual de 1,8%.

A pesquisa trouxe ainda que a taxa de poupança caiu para 13,9% do PIB em 2013, após ter alcançado 14,6% em 2012.

Em relação apenas ao quarto trimestre o PIB cresceu 0,7%, compensando pela contração de 0,5% no terceiro trimestre. A agropecuária manteve um índice estável, enquanto que os serviços avançaram 0,7% e a indústria teve contração de 0,2%.