IMPRESSÃO 3D

Cliever vai para o Reino Unido pelo UKTI

27/02/2014 12:17

Rodrigo Krug visitará o Reino Unido em maio. Foto: Bruno Todeschini / Divulgação PUCRS.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cliever, empresa desenvolvedora de impressora 3D incubada na Raiar da PUC-RS, venceu a competição TI e Inovação do UK Trade & Investment (UKTI). Como premiação, Rodrigo Krug, criador e diretor da startup, irá conhecer os principais centros tecnológicos do Reino Unido em maio. 

O empreendedor visitará o Tech City e participará do Rio Info Europe, encontro entre clientes e investidores de TI. Outras nove empresas serão selecionadas no Brasil. 

Por meio da campanha Great Britain, ação mundial de marketing do governo britânico, os empresários brasileiros terão diversas atividades com foco no fortalecimento da atuação no mercado internacional. 

No mercado desde abril de 2012, a Cliever fabrica um equipamento totalmente brasileiro com uma equipe formada por cinco colaboradores. 

Assim, no seu lançamento o valor da mercadoria era cinco vezes menor do que o encontrado mundialmente, conforme a empresa. Atualmente, a impressora custa R$ 4.650.

No início, eram vendidos cinco produtos ao mês, hoje são 15. Para 2014, a expectativa é comercializar 100 máquinas ao mês e atingir os mercados europeu e asiático. Processo que pode ser iniciado na viagem da UKTI.

O carro-chefe é a impressora CL-1, que é compatível com qualquer software de modelagem 3D e realiza a impressão com filamento plástico PLA, biodegradável e feito a partir de amido de milho e cana de açúcar. É usada para fabricação de modelos industriais. 

Em outubro do ano passado, a startup recebeu um aporte de valor não revelado de oito investidores gaúchos: IBGEN, Indextech Management, Produttare e os independentes Marcello Beltrand e Taylor Guedes. Com a transação, o grupo adquiriu 20% da empresa. 

Veja também

Cliever: R$ 200 mil com 1ª printer 3D do BR

Uma empresa de Porto Alegre será a primeira fabricante de uma impressora 3D 100% brasileira: é a Cliever, pré-incubada da Raiar, na PUC-RS.

Rodrigo Krug, fundador da startup, projeta um faturamento mínimo de R$ 200 mil no primeiro ano de atividade, que deve estrear com a impressora no mercado em maio.

ALÉM DA TINTA
HP terá impressora 3D em 2014

Quem afirma é a CEO da companhia, Meg Whitman, que garantiu que o produto será mais veloz e barato que outros modelos no mercado.

IMPRESSÃO 3D
Gaúcha Cliever recebe novo aporte

Com investimento, a startup espera comercializar 100 impressoras por mês no primeiro semestre de 2014.

PROJETO ARA
Motorola: impressão 3D + smartphones

Plano é desenvolver telefones modulares que permitiriam aos usuários produzir e combinar diferentes peças de hardware, como num jogo de montar.

MARKFORGED
Chegou o Mac das impressoras 3D

A MarkForged lançou um equipamento totalmente em alumínio, com cantos arredondados e visual minimalista no estilo Apple.