Pedro Henrique Freitas, head de SMB do grupo Vtex. Foto: divulgação.

A VTEX, fornecedora de plataforma de e-commerce, anunciou a chegada de Pedro Henrique Freitas como novo CEO da Loja Integrada, GoCommerce e Xtech, plataformas de e-commerce para pequenos e médios negócios (SMB) do grupo.

O executivo assume o cargo de Alfredo Soares, que ocupava a posição de head SMB desde 2017. Agora Soares assume o papel de VP Institucional na VTEX.

Freitas veio da Linx, onde foi diretor da área comercial por três anos.

O executivo começou a carreira em 2010, como trainee no Carrefour. Depois teve cargos de gerência na operadora de e-commerce Cnova, além de ter sido CFO da MadeiraMadeira, startup de materiais de construção.

Graduado em administração pela universidade Federal de Viçosa, o mineiro tem pós-graduação em varejo pela FIA/USP.

De acordo com o site TI Inside, o núcleo SMB da VTEX detém cerca de 17% do mercado de e-commerce no Brasil e reúne mais de 1 milhão de lojas virtuais já criadas.

A Loja Integrada, fundada em 2013 e adquirida pela VTEX, é a única plataforma do mercado a fornecer recursos gratuitos para a criação de lojas virtuais.

Já são mais de 20 milhões de produtos vendidos na história da plataforma e R$ 9 milhões em vendas só na Black Friday de 2019.

Para 2020, o principal objetivo da empresa é crescer mais, consolidando as melhores ofertas de plataformas no mercado, além de realizar a expansão internacional.

“Sem dúvidas será um ano de muitas novidades e para os nossos lojistas e será o ano de vender mais", afirmou Pedro Henrique Freitas, CEO Loja Integrada, GoCommerce e Xtech, ao TI Inside.

Outro destaque desta nova fase da empresa deve ser o lançamento da plataforma GoCommerce, em fase beta.

Segundo a empresa, a plataforma tem ferramentas que melhoram a performance e conversão das lojas, como o SmartCheckout, desenvolvido para aumentar a taxa de conversão das lojas.

Em setembro de 2019, a VTEX recebeu um aporte de R$ 580 milhões em rodada liderada pelo fundo SoftBank’s Latin America, Gávea Investimentos e Constellation Asset Management.

Na ocasião, a empresa informou que o valor deve ser utilizado na área de pesquisa e desenvolvimento, além de ações para acelerar a expansão global da empresa.

Nos últimos quatro anos, a empresa abriu escritórios nos Estados Unidos e na Europa, além de fortalecer a posição de liderança na América Latina.

Em julho do ano passado, a startup relatou que estava em fase de validação em locais como Romênia, Portugal, Itália e Espanha. Já as operações no México, Chile, Argentina e Estados Unidos estavam mais avançadas, na etapa de aceleração.

A VTEX fornece hoje soluções de comércio eletrônico para 2,5 mil marcas globais, incluindo Boticário, Whirlpool, Electrolux, Sony, Walmart, L'Oréal e Motorola.

O fundo Riverwood Capital, que investiu na VTEX em 2014, continua sendo um acionista “relevante”, segundo a empresa, apostando na nova fase da VTEX.

A companhia tem unidades em 14 cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Miami, Londres, Buenos Aires, Santiago do Chile, Bogotá, Cidade do México, Lima, Barcelona, Berlin, Milão, Medellín e Bucareste.