Totem do Sebrae. Foto: divulgação.

A Videosoft, empresa de Balneário Camboriú especializada em soluções de autoatendimento, firmou um contrato com o Sebrae nacional para a implantação de totens de atendimento da entidade.

Focado em municípios onde o Sebrae não conta com atuação direta, o projeto, de valor total não divulgado, prevê a implantação de até mil totens de autoatendimento.

No entanto, na sua primeira fase, iniciada em dezembro, 100 terminais estão em instalação em cidades de Goiás e Distrito Federal. Estes primeiros terminais fazem parte de um projeto-piloto, que prevê a instalação de 60 unidades no Distrito Federal e 40 em Goias.

Com os totens, empresários e pessoas interessadas em empreender podem consultar informações sobre programas da instituiçaõ e dicas para começar seu próprio negócio, mostradas em textos e vídeos.

O sistema dos totens é uma adaptação do sistema de atendimento mobile já disponibilizado pelo Sebrae na web. No entanto, segundo destaca a companhia, ele foi otimizado para a interface touch da tela do terminal e acrescido de alguns recursos.

Um exemplo, no caso da modalidade de microempreendedor individual (MEI), programa da entidade para pequenos empresários, é a possibilidade de imprimir de forma facilitada o boleto mensal do MEI.

Conforme explica Rafael Rauber, diretor de marketing da Videosoft, o projeto contempla a instalação dos totens em locais de grande fluxo de pessoas, aumentando a presença e atuação da entidade.

"Concluímos com êxito a primeira fase, onde 50 máquinas foram instaladas em Goias e no Distrito Federal. Agora estamos instalando mais 50", explica Rauber.

Segundo ele, a boa recepção dos primeiros terminais já garantiu novas encomendas. Nos próximos meses, após a fase de testes, a empresa vencedora poderia ter que produzir mais 900 unidades.

De acordo com o executivo, as sucursais do Sebrae em São Paulo e Espírito Santo já estão em negociação com a Videosoft, mas questões como quantidade, instalação e treinamentos ainda não foram definidas.

Além desse projeto, a Videosoft, que em 2013 registrou um faturamento de R$ 6 milhões, também emplacou recentemente um acordo de implantação de terminais em Angola.

No final de 2013, as empresas TAAG Airlines, Clínica Multiperfil e AngolaPrev adquiriram recentemente terminais de autoatendimento, em total de 40 totens comercializados.

A primeira empresa a comprar foi a companhia aérea TAAG, que implantou os totens para check-in nos aeroportos.

Atualmente a Videosoft apenas investe em marketing digital para atrair a atenção dos gestores de T.I. de Angola, que chamam os totens de “Mupis Digitais” ou de “Quiosques Multimédia”. Como as negociações tem sido positivas, a empresa estuda investir em outros canais, como parcerias e venda direta.