Diretoria da Fusion: Leandro Barbosa, Luciane Cusin, Wyllyans Dambros e Leovani Marques Filho.

A Cerrado Pneus, uma empresa de recapagem e venda de pneus de veículos rodoviários de carga e de passageiros localizada em Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano, está implementando o software de gestão S/4 Hana da SAP, com consultoria da Fusion.

“Os profissionais da Fusion nos auxiliaram a desmistificar que o SAP S/4 Hana é um software apenas para empresas grandes. Nossa expectativa é atingirmos os objetivos previstos para o projeto dentro do cronograma e orçamento pré-estabelecidos, e alavancarmos o crescimento da companhia através da adoção de um dos melhores softwares de gestão do mundo”, afirma Daniel Kuhn, presidente da Cerrado Pneus.

Fundada em 2003, a Cerrado Pneus tem três operações, todas em Luis Eduardo Magalhães, mais um parque industrial de 8 mil metros quadrados.  

A empresa é concessionária exclusiva da multinacional americana Bandag, líder mundial em recapagens de pneus de veículos rodoviários de carga e de passageiros e é representante da Firestone, para a linha de pneus para máquinas agrícolas e Bridgestone, para os produtos para caminhões e ônibus.

A Fusion tem experiência no segmento da Cerrado Pneus. Ainda em 2015, logo depois do lançamento do S/4 no país, a empresa fechou um projeto com a Hoff, empresa gaúcha especializada em recapagem e venda de pneus novos para caminhões.

O crescimento da Cerrado Pneus segue a trajetória de Luis Eduardo Magalhães, cidade que é a principal referência da região conhecida como Matopiba, nome dado à nova fronteira agrícola que fica na divisa dos estados de Maranhão, Tocantins, Bahia e Piauí.

https://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/noticia/2019/05/05/a-historia-de-luis-eduardo-magalhaes-cidade-baiana-que-cresceu-junto-com-o-agronegocio.ghtml

Quando se desmembrou de Barreiras, no ano 2000, o então povoado de Mimoso do Oeste não passava de um ponto de apoio na BR 242, a estrada que liga a Bahia a Goiás. A população, que era de 18 mil habitantes, saltou para 85 mil.

Em apenas 8 anos, o PIB de Luís Eduardo Magalhães, que é a soma da riqueza gerada no município, aumentou 145%, alcançando quase R$ 4 bilhões. Só as lojas de máquinas e equipamentos agrícolas movimentam mais de R$ 1 bilhão por ano.

“Temos confiança na capacidade de gerirmos nossos negócios e fazermos a diferença em meio à crise atual, adotando uma postura ousada e disruptiva, oferecendo novas formas para a condução de projetos, que visam reduzir custos de implantação, mantendo a qualidade de entrega”, destaca Leandro Barbosa, diretor da Fusion Consultoria.

A Fusion foi uma das pioneiras em projetos SAP S/4 Hana, com projetos em clientes como Pestana Leilões, PMI WorldWide, FAPES e Grêmio FBPA.