Carlos Gazaffi, ex-presidente da Tivit. Foto divulgação.

Carlos Gazaffi, que foi promovido à presidência da Tivit em 2018, está saindo da multinacional brasileira de soluções digitais.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada ao Baguete por meio da assessoria de imprensa da Tivit. 

"Após 19 anos na Tivit, sendo dois deles como presidente, Carlos Gazaffi deixa a empresa para assumir novos desafios profissionais”, confirmou a empresa em nota.

Ainda de acordo com a Tivit, todos os líderes de unidades de negócios e diretores executivos passam a responder diretamente a Luiz Mattar, CEO e cofundador da Tivit, a partir da próxima segunda-feira, 29 de junho.

Quando chegou ao cargo, há dois anos, o executivo passou a dividir o comando com Mattar, com maior foco na gestão do negócio e no relacionamento com áreas de suporte e operações.

Na época, a arranjo parecia focado numa transição gradual de poder, com uma eventual ida de Mattar para o conselho de administração - o que acabou não se confirmando.

Gazaffi ingressou na empresa em 2004 como gerente de entrega de serviços para a Losango, cliente da Tivit.

Desde então, galgou posições, passando pela diretoria de vendas e a vice presidência da área de infraestrutura de TI e aplicações, além do cargo de COO.

A empresa não chegou a revelar qual é o próximo passo de Gazaffi.

Presente no mercado há 20 anos, a Tivit opera em dez países da América Latina com quatro linhas de negócios: digital business, cloud solutions, digital payments e technology platforms.