Divulgação, Alexandre Fugita/Flickr

Tamanho da fonte: -A+A

Estudo realizado pelas consultorias Teleco e Pricez indicam que a Oi tem as ofertas mais baratas entre as operadoras de telefonia celular no Brasil, tanto no pré quanto no pós-pago.

Apesar disso, a emrpesa é a quarta em participação de mercado no Brasil, com 18,53% de mercado no mês de  março desse ano, segundo a Anatel.

Agressiva com razão
Vivo, TIM e Claro são, respectivamente a líder, vice-líder e terceira colocada, com as fatias correspondentes de 29,81%, 26,8% e 24,56% no mesmo mês.

No Sul do Brasil, a Oi tem 12,76% do mercado, atrás da TIM (32,5%), Vivo (30,09%) e Claro (24,43%). Entre os três estados, o que a empresa tem o maior share é Santa Catarina (14,43%), e ainda assim é a quarta colocada.

Talvez por isso a empresa aja de forma mais agressiva.

Mais barato
Conforme a pesquisa, para usuários com consumo médio de 150 chamadas e 60 SMS por mês, utilização da web de cerca de 150 MB, além de grande utilização de chamadas de longa distância (60 por mês), o Oi à Vontade 110, com gasto mensal estimado de R$ 129 é a melhor escolha.

O plano chega a ser 50% mais barato que os outros do mesmo tipo.

Para o perfil de alto consumo – 300 MB de internet, 240 SMS, 300 chamadas locais e 120 de longa distância, por mês – o Oi à Vontade 600 foi escolhido como o melhor plano, com gasto mensal estimado de R$ 308, sendo até 30% mais competitivo que os concorrentes.

Em relação às ofertas para o pré-pago, a Oi foi identificada como a melhor opção para recargas nos valores de R$ 20 e R$ 30, com o plano Oi Cartão Ilimitado, com o benefício de dar até 40 vezes mais bônus que as outras operadoras.

No site da Pricez, os consumidores também podem fazer simulações dos melhores planos para cada perfil de uso.