PESSOAS

Renner suspende demissões por tempo indeterminado

26/03/2020 13:16

Decisão acontece em um momento problemático para todo varejo.

Empresa foi a primeira gigante do varejo a fechar todas suas lojas no país.Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Lojas Renner divulgou nota afirmando que não vai demitir colaboradores sem justa causa - por tempo indeterminado - por conta da crise provocada pela pandemia de coronavírus.

Segundo o Jornal do Comércio, o quadro das lojas está compensando horas ou entrando em férias, enquanto os times administrativos estão, em quase sua totalidade, atuando em regime de home-office.

Já os centros de distribuição e as centrais de atendimento funcionam com quadro reduzido.

"Estamos empenhados em fazer o que estiver ao nosso alcance para garantir o bem-estar de todos”, afirmou Fabio Faccio, diretor presidente da companhia, ao Jornal do Comércio.

A decisão da Renner acontece em um momento problemático para o varejo, no qual demissões seriam esperadas.

De acordo com o site Poder 360, as maiores redes varejistas já interromperam as atividades de 4.065 lojas que empregam 171,5 mil funcionários.

Entram na conta as redes Via Varejo (Casas Bahia e Ponto Frio), Guararapes (Riachuelo), Grupo Renner (Camicado, Youcom e Ashua), Magazine Luiza, C&A Modas, Lojas Marisa, Lojas Americanas, SBF/Centauro e Hering.

Não há informação exata de quantos colaboradores estão parados ou trabalhando em operações internas de administração, tecnologia e comércio digital.

Na última quarta-feira, 25, as grandes redes do varejo registravam uma queda de R$ 68,5 bilhões em seus valores de mercado na B3, o que representa 31,44% a menos em comparação a 28 de fevereiro, dia em que foi diagnosticado o primeiro caso de Covid-19 no Brasil.

Naquela data, o valor de mercado das empresas totalizava R$ 217,8 bilhões e o número caiu para R$ 149,3 bilhões.

Na semana passada, a Lojas Renner foi a primeira gigante do varejo a fechar todas suas lojas no país.

A empresa anunciou que vai doar R$ 4,1 milhões para hospitais que atuam no tratamento do coronavírus por meio do SUS, além de auxiliar no impacto social da quarentena em uma comunidade próxima à sua sede.

Fundada em 1965, a Lojas Renner S.A. tem mais de 500 lojas em todos os estados brasileiros, além de uma unidade no Uruguai. 

Veja também

TRABALHO REMOTO
10 medidas para manter empresas e clientes seguros

Veja quais são os cuidados essenciais para enfrentar a rápida adoção do home office sem prejuízos.

CORRIDA
Bosch: diagnóstico do Covid-19 em 2,5 horas

Teste rápido, desenvolvido com a Randox, deve estar disponível na Alemanha em abril.

SOLUÇÃO
Gemelo pronta para fazer UTIs

Companhia de data center modular quer ser parte da resposta ao coronavírus.

SUPORTE
Nubank destina R$ 20 milhões para quarentena

Banco realocou verba de marketing para oferecer vouchers em serviços de saúde e delivery.

SAÚDE
Tecnopuc Fablab produz máscaras para hospitais

Após testes, médicos escolheram a opção mecânica, que protege toda face.

FÔLEGO
Varejo pede prazo maior para pagar impostos

Grupo do setor pediu o adiamento da cobrança pelos próximos 120 dias.

COVID-19
Como manter a continuidade de seus negócios

É fundamental definir uma equipe que obtenha uma visão geral dos desafios que a empresa está enfrentando. 

INICIATIVA
Renner doa R$ 4,1 milhões para combate ao Covid-19

Valor vai para hospitais conveniados ao SUS e para comunidade próxima à sede da empresa.

CRISE
CVC corta custos para valer

Operadora reduz salários da diretoria pela metade e renegocia todos os contratos.

MEDIDAS
Equinix: sem visitas nos data centers

Medida vale para França, Alemanha, Itália e Espanha, como prevenção contra o Covid-19.