Solução apresentou resultados com uma precisão de mais de 95%. Foto: divulgação.

A Bosch Healthcare Solutions, subsidiária da multinacional alemã, e a Randox, empresa de tecnologia médica da Irlanda do Norte, desenvolveram um teste rápido que pode detectar uma infecção por coronavírus em menos de duas horas e meia.

Desenvolvida em seis semanas, a solução automatizada é um teste molecular executado no dispositivo de análise Vivalytic, da Bosch Healthcare Solutions.

Na prática, uma amostra é retirada do nariz ou da garganta do paciente usando um cotonete. Em seguida, o cartucho, que já contém todos os reagentes necessários para o teste, é inserido no dispositivo para análise.

Segundo a empresa, o exame pode ser realizado diretamente no ponto de atendimento, como hospitais, laboratórios ou consultórios médicos, eliminando a necessidade de transportar amostras.

Um aparelho pode executar até dez testes no espaço de 24 horas. Para avaliar até 1 mil testes por dia, são necessários apenas 100 dispositivos. Até então, os testes existentes levam entre um e dois dias para obter o resultado.

“A característica especial do teste da Bosch é que ele oferece diagnóstico diferencial, o que economiza aos médicos o tempo adicional necessário para novos testes. Também fornece um diagnóstico confiável rapidamente, para que eles possam iniciar o tratamento adequado imediatamente”, diz Marc Meier, presidente da Bosch Healthcare Solutions GmbH.

Nos testes de laboratório, a nova solução apresentou resultados com uma precisão de mais de 95%, atendendo aos padrões de qualidade da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Além disso, o novo teste permite que uma única amostra seja testada não apenas para o Covid-19, mas também para nove outras doenças respiratórias simultaneamente, incluindo influenza A e B. 

Atualmente, a empresa está examinando como pode ajudar profissionais da saúde a serem testados prontamente, para que possam trabalhar sem risco de infectar outras pessoas.

O teste recém desenvolvido deve estar disponível na Alemanha a partir de abril, com outros mercados na Europa e no mundo na sequência.

“Queremos que o teste rápido COVID-19 da Bosch faça parte da contenção da pandemia de coronavírus o mais rápido possível. Isso acelerará a identificação e o isolamento de pacientes infectados”, afirma Volkmar Denner, presidente do conselho de administração da Robert Bosch GmbH.

Líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços, o Grupo Bosch gerou € 77,9 bilhões em vendas de em 2019. A empresa emprega mais de 403 mil colaboradores em todo o mundo.

Com mais de 35 anos de experiência, a Randox oferece desde reagentes de diagnóstico a soluções de controle de qualidade e toxicologia forense.