Foto: flickr.com/photos/plemeljr

Tamanho da fonte: -A+A

O Financial Times citou um dos sócios do site de e-commerce de moda Dafiti, Philipp Povel, na lista de 25 brasileiros que merecem atenção (“25 Brazilians to Watch”).

Foi o primeiro brasileiro indicado na categoria “business”, e está ao lado de nomes consagrados como Graça Foster, presidente da Petrobras; Murilo Ferreira, presidente da Vale; Eduardo Campos, governador de Pernambuco; e Joaquim Barbosa, presidente do STF.

Povel, responsável pela área de Finanças e TI da empresa, é o único brasileiro entre os quatro sócios da Dafiti.

Em agosto de 2012, a empresa recebeu uma rodada de investimentos da J. P. Morgan Asset Management, que comprou uma fatia minoritária por US$ 45 milhões.

No final do ano passado, o e-commerce anunciou total de R$ 375 milhões já investidos em menos de dois anos de operações. A Dafiti opera em cinco países na América Latina: Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e México.

A lista dos integrantes foi publicada em revista especial do Financial Times sobre o Brasil e também tem figuras que ainda estão em processo de consolidação ou pouco aparecem na mídia.

Entre esses, Renato Cohen, um DJ mais popular na Europa e Ásia; Isadora Faber, criadora da página Diário de Classe; Kleber Mendonça Filho, diretor de cinema pernambucano, que conquistou prêmios e com seu primeiro longa "O som ao redor"; e Vik Muniz, artista que faz obras usando lixo.

O jornal britânico é distribuído em sua versão brasileira em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.