Pedro Bottesi. Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A H2O.ai, startup americana de plataformas de inteligência artificial em nuvem, fechou a contratação de dois executivos experientes para o seu time comercial no Brasil, onde a empresa abriu operações em 2020.

Pedro Bottesi, ex-executivo de vendas enterprise da Tableau, gerente regional de vendas para o setor privado no Brasil. Bottesi tem também passagens pela Oracle, Dell e HP, sempre na área comercial.

No lado governo, assume Rodrigo Paiva, um profissional que já trabalhou na IBM, Microsoft, Oracle e Gartner, tendo sido eleito nesta última como executivo número 1 em vendas.

Paiva estava nos Estados Unidos, atuando como VP de vendas da Quobo, uma startup de analytics.

Ambos respondem para Daniel Garbuglio, contratado pela H20.ai em 2020, vindo da ADP, onde era VP para América Latina. 

Garbuglio também passou pela Tableau, onde foi diretor de canal para América Latina; pela Quest, onde foi country manager e pela SAP, onde foi diretor de vendas, entre outros.

A H2O.ai está em alta. A empresa acaba de receber um aporte de US$ 100 milhões liderado pelo banco Commonwealth Bank of Australia (CBA). 

Com o investimento, o quinto da sua história (o que se chama no jargão de uma Series E), a H2O.ai passou a ser ter o status de unicórnio pelo seu valor de mercado acima de US$ 1 bilhão. Ela está avaliada atualmente em US$ 1,7 bilhão.

Parte do capital foi anunciado justamente para expandir parcerias e recursos de vendas e marketing. 

A plataforma da H2O.ai ajuda a criar IAs eficientes ou permite o uso de aplicativos inteligentes pré-construídos. 

Atualmente mais de 20 mil empresas usam a solução de IA da H2O.ai, incluindo grandes clientes como AT&T, GSK, Hitachi, Kaiser Permanente, PayPal, PWC e Walgreens.