A TIM lançou um serviço de wi-fi cuja rede pode ser roteada através do 4G. Foto: Divulgação.

A TIM acaba de lançar um serviço de conectividade wi-fi cuja rede pode ser roteada através do 4G da operadora. 

Com isso, clientes corporativos poderão disponibilizar wi-fi aos seus públicos sem a necessidade de investimento em equipamentos. A solução pode ser instalada em um dispositivo móvel para permitir a conexão. 

Para oferecer o serviço, a operadora adotou uma tecnologia desenvolvida pela WiMan, startup de tecnologia que recebeu investimento da TIM Ventures, do Grupo Telecom Italia, controladora da TIM Brasil. 

O SDK é uma solução de compartilhamento público de wi-fi que se posiciona no mercado como alternativa à tecnologia de Hotspots 2.0.

O novo serviço tem como foco principal em clientes nos segmentos de varejo, alimentação, transporte e hotelaria.

Além disso, empresas de aplicativos de táxi ou de transporte público estão entre os potenciais clientes da solução, que pode ser embarcada no aplicativo do motorista ou do veículo para tornar o smartphone em um roteador wi-fi.

No Rio de Janeiro, a empresa de aplicativo Detaxi já utiliza a solução de gerenciamento automotivo. Os passageiros que solicitam corridas de táxi pelo app têm acesso ao wi-fi gratuito durante todo o percurso.

“A demanda do mercado por conectividade wi-fi é uma realidade no Brasil e estamos disponibilizando um serviço pioneiro para nossos clientes corporativos. Investimos fortemente na ampliação e qualificação de nossa rede 4G. Queremos oferecer uma experiência de banda larga sem fio de qualidade e de forma automática aos clientes”, afirma Rafael Marquez, diretor de marketing para o mercado corporativo da TIM Brasil.

A solução também permite aos clientes corporativos acessar um portal web onde é possível monitorar as estatísticas de acesso na rede, saber quem está conectado e gerar relatórios, contendo horário de acesso, tipo de dispositivo e quantidade de usuários.

Na ferramenta, é possível, ainda, controlar o tempo máximo de conexão, a quantidade de MB disponíveis para cada usuário e notificar o usuário sobre o término da conexão.