FORMAÇÃO E P&D

PR: Lei de Inovação e bolsas de pós-doutorado

25/09/2012 10:16

Estado era o único das regiões Sul e Sudeste que ainda não tinha uma legislação do tipo.

Governador do Paraná, Beto Richa. Foto: AEN PR

Tamanho da fonte: -A+A

O governador do Paraná, Beto Richa, sancionou nesta segunda-feira, 24, a Lei de Inovação no estado, que era o único das regiões Sul e Sudeste que ainda não havia aderido à lei.

Paralelamente à sanção, o governo já anunciou dois editais ligados à lei.

Um deles, para o Programa de Bolsas de Pós-Doutorado em Empresas, que prevê investimento de R$ 2,9 milhões, financiados pela Coordenação de Aperfeiçoamento e Pessoal de Nível Superior (Capes) e pela Fundação Araucária, para incentivar a concessão das bolsas pelas companhias.

O valor de cada bolsa será de R$ 5,4 mil.

“Essa medida permitirá aos pesquisadores a implementação dos produtos no mercado. Eles agora vão levar seus produtos da invenção à prateleira”, destaca o presidente da Fundação Araucária, Paulo Brofman.

O outro edital se refere à disponibilização de R$ 1 milhão para apoio à criação de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) em empresas.

Os recursos irão para atividades direcionadas ao processo de inovação, como estabelecimento de parcerias, produtização de projetos, proteção intelectual e transferência de tecnologia.

Os projetos deverão ter prazo de execução de 24 meses cada um.

As inscrições para o programa de Bolsas de Pós-Doutorado em Empresas podem ser feitas até 19 de novembro de 2012.

Para o programa de apoio aos NITs, o prazo vai até 23 de novembro.

Mais informações na página da Fundação Araucária.

Veja também

Agenda 2020 discute Lei de Inovação
O Fórum de Inovação e Tecnologia da Agenda 2020 realiza um encontro nesta quinta-feira, 27, às 10h30.

Será na Tecnopuc, com a presença do Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Artur Lorentz.

Na pauta um alinhamento entre os Grupos de Trabalho de voluntários que estão oferecendo sugestões sobre a regulamentação da nova Lei de Inovação e Tecnologia do Rio Grande do Sul.
Yeda sanciona Lei de Inovação
A governadora Yeda Crusius sancionou, nesta segunda-feira, 13, a Lei de Inovação do Rio Grande do Sul, que estabelece medidas de incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no estado, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa.

Entre as novidades trazidas pela lei está, por exemplo, a possibilidade de que um pesquisador público possa ser contratado por uma empresa privada para realizar pesquisas.
Floripa: lei de inovação sai até março

A lei de inovação de Florianópolis deve ser sancionada até o dia dia 23 de março de 2012, aniversário da cidade, prevê o vereador Ricardo Camargo Vieira (PC do B).

Presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação e Informática, Vieira participou nessa terça-feira, 13, da audiência pública que debatou a proposta do Projeto de Lei Complementar nº 1.143/2011 na Câmara de Vereadores da cidade.

SÓ NO PREGÃO
Paraná poupa R$ 26,8 milhões em telecom

Valor inicial, de R$ 35,4 milhões, foi reduzido para R$ 8,6 milhões durante o pregão. São 2.038 aparelhos para uso da administração direta e indireta contratados no último dia 1º.

VERBA NO SUL
Paraná receberá R$ 22,6 bi do PNLT

O Programa Nacional de Logística e Transportes (PNLT) do governo federal prevê que o Paraná deva receber R$ 22,6 bilhões em investimentos de infra-estrutura até 2022, dos R$ 45 bilhões que o governo pretende investir na região Sul.

APL Curitiba tem catálogo no iPhone

O Arranjo Produtivo Local de Software de Curitiba (APL) disponibilizou na App Store o catálogo das associadas. Trata-se de um app de iPhone que dá acesso a informações das empresas de TI integrantes do movimento.

Segundo CINQ Technologies, desenvolvedora do aplicativo e membro do APL, a proposta é facilitar a busca por soluções de TI na região de Curitiba.

INCENTIVO
SC dá R$ 5 milhões para inovação

Na lista geral, de 100 contemplados, cerca de 40% envolve projetos de TI – com dispositivos móveis, softwares e projetos envolvendo a web.