Benner PDE promete velocidade e automatização da NF-e.

A Benner Sistemas lança o Benner PDE (Processamento de Documentos Eletrônicos), que promete reduzir em até 80% o tempo de trabalho dedicado à inclusão de notas fiscais no ERP, pela automatização do processo.

A ferramenta que permite importar automaticamente os dados das NF-es de compras de produtos para o ERP, eliminando a digitação manual, e também valida e verifica automaticamente o arquivo junto a Sefaz.

“Isso evita risco fiscal e fraudes”, garante Lucrécia Oliveira, diretora de negócios da Benner. “Com o Benner PDE, em dois cliques se conclui todo processo, liberando equipes de tarefas manuais para atividades estratégicas”, completa.

Confrorme a executiva, o Benner PDE também permite verificar ordens de compras pendentes, efetuar baixas totais ou parciais das ordens, incluir os itens no estoque, atualizar informações financeiras, fiscais e contábeis.

Arquivar o documento XML, no qual estão todas as informações do documento fiscal, no banco de dados do ERP, também é função da solução.

INTEGRADO
A nova solução também pode ser empregada como um módulo complementar ao Benner Corporativo, sistema para gestão da operação financeira de uma empresa.

Nesta integração, a ferramenta passa a fornecer módulos materiais, suprimentos, financeiro, tributos, inclusive Sped EFD, contábil e orçamento.

VERDE
A solução, segundo ela, faz parte do rol de soluções que Benner lançará até o final do ano, com foco em automação, redução de custos e consumo de energia e papel.

“Queremos tornar realidade o conceito de ERP Green”, resume Lucrécia.

A Benner é especializada em ERP e softwares para as verticais de saúde suplementar e hospitalar, logística, governança jurídica e contratos, gestão de viagens corporativas, além de RH, BI e ofertas nos modelos BPO, cloud, EaaS e SaaS.

A empresa é uma unidade de negócios da Globalweb Data Services, focada em soluções de datacenter, outsourcing e plataforma Microsoft (LAR).

Ao todo, a Globalweb emprega cerca de 1,5 mil colaboradores diretos, com matriz em São Paulo e unidades no Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Blumenau, Maringá, Joinville e Curitiba.