O comércio eletrônico cresceu 43% no Brasil em 2011.

Segundo o Estudo de Comércio Eletrônico na América Latina, realizado pela América Economía Intelligence, foam US$ 25 bilhões gastos em compras online durante o ano.

Com o valor, o Brasil é o primeiro latino-americano a alcançar 1% do seu PIB em vendas pela internet.

Ainda de acordo com o estudo, o crescimento do e-commerce nos últimos dois anos na América Latina e no Brasil foi possível devido a fatores como maior segurança - e consequentemente maior confiança - para as operações online.

Maior poder aquisitivo da população e as facilidades em compras via cartão de crédito também pesaram para o desempenho do setor.

Outras novidades, como a criação de canais como o social commerce, também contribuíram.

De acordo com a pesquisa, até 2015, as compras efetuadas através da internet móvel também devem ganhar força, impulsionadas pelo crescimento do uso de aparelhos móveis, como smartphones.

A organização estima que a penetração desse dispositivos deve chegar a 50%.