DE CASA

Microcity fatura R$ 140 mi, alta de 21%

25/03/2021 12:05

Boom do home office levou ao melhor ano da empresa de outsourcing de ativos de TI. 

Renato Castro, CEO da Microcity.

Tamanho da fonte: -A+A

A Microcity, uma das maiores empresas do país na área de outsourcing de ativos de TI, fechou o ano passado com uma receita de R$ 140 milhões, o que representa um crescimento de 21% em relação a 2019.

Foi o melhor ano da história da empresa, que, como o segmento como um todo, foi uma das grandes beneficiadas com a crise do coronavírus, na medida em que a implementação do home office foi acompanhada por aluguel de equipamentos em muitas empresas.

“Trazemos em nosso DNA a característica de nos adaptar às crises e ver nelas uma oportunidade para auxiliar nossos clientes em momentos difíceis, por meio de serviços inovadores”, comenta Renato Castro, CEO da Microcity.

No caso da pandemia, a Microcity passou a oferecer o chamado Home & Office as a Service (HOaaS), focada em oferecer equipamentos e segurança contra ataques de sequestro de dados e ransomware, por exemplo.

A nova situação tornou o modelo como serviço para infraestrutura uma realidade também para empresas pequenas e médias.

“O Gartner já visualizava que as contratações seriam opex-first em pouco tempo, mas a pandemia acelerou muito a adoção desse modelo para mercados menores também”, aponta Castro.

A Microcity já tem uma base de 200 mil desktops, notebooks, e dispositivos das principais players de tecnologia. A expectativa é crescer outros 18% em 2021, chegando a R$ 165 milhões.

Veja também

MÁQUINAS
Alejandro, ex-Stefanini, assume Positivo As a Service

Aluguel de equipamentos é um negócio em alta pelo coronavírus.

DESKTOPS
AeC: 4 mil usuários na nuvem Azure

Projeto no call center foi entregue pela SGA, especialista em nuvem da Microsoft.

NOMES
Panazzolo, ex-Meta, está na Microcity

Executiva é reforço para a empresa de outsourcing no Rio Grande do Sul.

OPORTUNIDADE
Oi agora tem locação de PCs

Mercado está em alta com a necessidade de montar e suportar operações de home office.

FUTURO
TI segurou o rojão na pandemia. E agora?

Transição para o home office foi um sucesso, mas o cenário futuro é desafiador.

NOVO NORMAL
Outsourcing de impressão existe no home office?

A área ainda está assimilando novas tendências e certamente vai se transformar a partir deste novo ano.

DE VOLTA
Acaba a greve home office da Procergs

Com duração de 50 dias, foi a greve mais longa da história da estatal gaúcha.

DE CASA
Grupo Máxima abraça home office

Empresas médias fora dos grandes centros também adotam nova tendência.

JANELAS
Ataques ao protocolo RDP estão em alta

A solução é utilizar softwares que funcionam por meio de outros protocolos.

 
MÉTODOS
Positivo: agilidade também no mundo do hardware

Companhia está implantando a metodologia em diversas áreas desde janeiro de 2020.

FIRMA
Bolsonaro critica home office na Petrobras

Presidente descobriu que a estatal de petróleo está trabalhando de casa e não ficou feliz.

AGRO
Cocamar amplia uso de Virtual Apps da Citrix

Cooperativa chegou a 1,5 mil licenças do produto, o que ajudou na pandemia.