Dario Almeida, gerente executivo de Arquitetura de Sistemas da CCEE. Foto: Divulgação.

A área de Tecnologia de Mercado da CCEE, instituição responsável por operacionalizar o mercado de compra e venda de energia elétrica no Brasil, acaba de conquistar a certificação internacional Capability Maturity Model Integration (CMMI) - nível 2 de maturidade. O reconhecimento foi concedido após avaliação realizada pela Integrated System Diagnostics Brasil (ISD Brasil).

A ISD analisou os processos de desenvolvimento de sistemas da organização. O selo torna a CCEE a única empresa do setor de energia e utilities do país certificada pelo CMMI Institute.

"A certificação CMMI é uma grande conquista, predominantemente perseguida por empresas de software. Embora a CCEE não seja desse segmento, nós desenvolvemos aqui os sistemas computacionais que suportam a comercialização de energia no Brasil”, relata Dario Almeida, gerente executivo de Arquitetura de Sistemas da CCEE.

Entre os sistemas desenvolvidos pela CCEE estão o CliqCCEE, utilizado para contabilizar as operações de compra e venda de energia no Brasil; o Sistema de Coleta de Dados de Energia que recebe dados de medição de geração e consumo de energia dos agentes desse mercado; e a Plataforma de Integração CCEE, que oferece uma ligação entre os sistemas da instituição e os utilizados pelas empresas que atuam na comercialização de energia.

O CMMI para Desenvolvimento (CMMI-DEV) é um modelo de maturidade para melhoria de processos, destinado ao desenvolvimento de produtos e serviços, e composto pelas melhores práticas associadas a atividades de desenvolvimento e manutenção que cobrem todo o ciclo de vida do produto. 

A certificação concedida à CCEE tem validade de três anos e pode ser renovada.

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) é uma associação civil sem fins lucrativos, mantida pelas empresas que compram e vendem energia no Brasil.

Em 2014 foram feitas no Brasil 33 avaliações ou reavaliações de CMMI, contra 40 em 2013 e 22 em 2012.