Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior Sistemas.

A Senior comprou uma carteira de 80 clientes no segmento de construção da Next Brasil, um antigo canal da Mega Sistemas, uma companhia especialista no segmento adquirida pela Senior em 2018.

Não foi revelado o valor do negócio.

Os clientes estão concentrados no Centro Oeste e incluem nomes como Brasal Incorporações, Grupo Odilon Santos, Terral Incorporadora, CMO Construtora, Villela e Carvalho Construtora.

A carteira total no segmento de construção da Senior chega a 1,5 mil, um pouco mais de 10% do total de 12 mil nomes atendidos pela empresa catarinense.

A Next, uma companhia com receita na faixa dos R$ 5 milhões, atua em uma série de outros segmentos, com a solução de gestão para pequenas e médias Business One, da SAP.

 “Hoje 30% das 100 maiores construtoras utilizam a tecnologia Senior segundo o ranking Intec. Como a Next Brasil possui uma forte atuação em Brasília e Goiânia, entendemos que podemos somar essas duas oportunidades, ampliando a capilaridade da nossa empresa e atraindo novos negócios”, destaca Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior Sistemas.

O CEO da Senior reforça que, além dos segmentos de construção e facilities, a região centro-oeste possui nomes fortes do agronegócio brasileiro, mercado que é um dos eixos de expansão da companhia no país.

Comprar a carteira de clientes dos canais é um procedimento que a Senior adota com certa frequência.

No ano passado, a empresa comprou 50 clientes da ERP, companhia também sediada em Blumenau, Santa Catarina, que foi a seu primeiro canal.

Em 2016 comprou um canal de distribuição focado no mercado mineiro, na época com 245 clientes.

No mesmo ano, a Senior comprou também a operação do seu canal de distribuição Somos Tecnologia em Caxias do Sul, somando outros 80 clientes.

Em 2013, a companhia adquiriu a PMS Informática, canal sediado em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Com a aquisição, a Senior incorporou uma carteira com 600 clientes.

No final de 2011, a empresa adquiriu a totalidade da divisão Senior da Ruá, empresa sediada em Porto Alegre que atuava como revenda no Rio Grande do Sul.

A Senior, empresa de sistemas de gestão, acesso e folha de pagamento sediada em Blumenau, fechou o ano passado com uma receita de R$ 431 milhões, uma alta de 29% frente aos resultados de 2018.

Para 2020, a meta é R$ 488 milhões, uma alta de 17%. No médio prazo, a empresa quer chegar a R$ 1 bilhão até 2023.