Alexandre Torres.

A TmaxSoft, empresa coreana de softwares de middleware que abriu as portas no Brasil em maio do ano passado, acaba de contratar Alexandre Torres, ex-diretor de vendas da Oracle para a região de São Paulo, para assumir a posição de CEO da empresa no país.

Torres substitui Moonsuk Lee, executivo coreano que fez o startup da empresa no país, e acumula o cargo de diretor de vendas que até abril era ocupado por Sérgio Camórcio, vindo da SAP cerca de um ano antes. 

O executivo trabalhou na área de middleware da Oracle, além de ter passagens pela BEA Systems, CA, Sybase e Datasul.

A metas da TmaxSoft para o país são ambiciosas. A ideia é que a subsidiária brasileira seja a segunda maior do mundo, além do hub das operações na América Latina. 

“Venho acompanhando a TmaxSoft desde sua expansão exponencial em mercados como a Ásia, Europa e Estados Unidos. A aceitação extremamente positiva nesses continentes denota a qualidade dos produtos da companhia”, comenta Torres.

Torres comandará um time experiente. O COO é André Yi, um executivo brasileiro que chegou a trabalhar na Coréia do Sul em outra empresa local, a Motrex.

Em agosto, a empresa trouxe Marcos Marinho como executivo de contas sênior. O profissional foi gerente da Ação Informática, focado em soluções Oracle.

Em abril foi a vez de Renato dos Santos, ex-Stefanini e IBM, como gerente de Canais. 

O carro-chefe da empresa no Brasil é o Tibero, solução para gerenciamento de banco de dados relacional. Também é vendido o JEUS, uma aplicação web server certificada em Java EE 6 e o  OpenFrame, especial para serviços de rehosting.

A companhia registrou em 2012 (último período divulgado) um faturamento global de US$ 70 milhões e 580 funcionários.

A TmaxSoft atua no mercado sul-coreano desde 1997, correndo por fora na concorrência com as gigantes IBM e Oracle. A empresa afirma ter 35% do mercado sul coreano de softwares de midlleware.

A empresa coreana pretende abrir mais 20 subsidiárias ao redor do mundo até 2017. Hoje a empresa está presente em Cingapura, China, Estados Unidos, Japão e Reino Unido.