EM 2012

CEF, BB e Petrobrás: R$ 2,8 bilhões em Telecom

24/10/2012 10:57

Investimento das estatais equivale a 33% de todo o aporte feito no primeiro semestre pelas teles do país.

Estatais investem forte em Telecom. Foto: Flickr.com/rivo

Tamanho da fonte: -A+A

Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Petrobrás vão investir cerca de R$ 2,8 bilhões em telecomunicações este ano.

O valor, que será destinado à ampliação e manutenção de redes de voz e dados, equivale a 33% de todo o investimento feito no primeiro semestre do ano pelas operadoras de Telecom do país, informa a Folha Online.

A Vivo, que segundo dados da Anatel lidera em número de clientes, investiu R$ 2,3 bilhões no primeiro semestre, enquanto a TIM gastou R$ 1,6 bilhão e a Oi anunciou um plano de R$ 6 bilhões até o final do ano.

Tudo considerando somente recursos para redes, nada de compra de licenças para operação.

Os investimentos da Petrobrás, BB e CEF vêm na esteira das exigências da presidente Dilma Rousseff ao ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pela criação de mecanismos que garantam o aumento dos aportes no setor.

As exigências de Dilma se referem tanto à ampliação das estruturas para fornecimento das teles, quanto da qualidade dos serviços entregues.

A presidente considera que “não dá mais para ter serviços pela metade” e que os níveis de qualidade não podem ser “garantidos somente aos clientes que aceitam pagar a mais”.

Entre as estatais que já estão se mexendo no atendimento aos clamores da presidência, a Petrobras já é dona de uma rede de quase 7 mil quilômetros de fibra óptica na costa brasileira.

Os cabos da petrolífera interligam Canoas, na Grande Porto Alegre, a Ipojuca, em Pernambuco, além de passar por São Paulo, Rio de Janeiro e ter ramificações em Brasília e Belo Horizonte, com mais um trecho de integração entre Manaus e Urucu, no Amazonas.

A estatal também usa estações de rádio e satélites para suportar suas operações e faz internamente a manunteção da rede de Telecom, embora use serviços das operadoras fixas e móveis.

Muitas vezes, as teles alugma a rede da companhia.

No caso da CEF, os novos investimentos são, em grande parte, destinados à ampliação da rede para dar suporte a novos negócios previstos para os próximos anos, além de ações de aumento da bancarização em cidades pequenas.

Até o fim de 2012, o banco prevê destinar R$ 608 milhões para o custeio da rede e R$ 1,4 bilhão em expansão, com foco no internet banking.

No Banco do Brasil, a estratégia também foca a bancarização e as transações online, segundo a Folha.

Veja também

PETRÓLEO VERDE
Petrobras poupa R$ 15 milhões com Green IT

Com virtualização de alguns servidores e modernização de outros, petrolífera reduziu consumo de energia em 63%.

DEPOIS DE 13 ANOS
Petrobras registra prejuízo de R$ 1,3 bi

Em 13 anos, esse é o primeiro resultado negativo da estatal. A alta do dólar, o endividamento da empresa e a redução da produção de óleo influenciaram nos números.

Petrobras terceiriza com Sonda IT

A Petrobras terceirizou com a Sonda IT os processos de manutenção corretiva e preventiva, desenvolvimentos, melhorias no sistema, suporte, roll outs e reestruturação do seu ERP da SAP.

#IDF 2012
Banco do Brasil terá IPT da Intel

BB deve ser o primeiro banco brasileiro a usar a nova tecnologia de proteção de identidade presente nos últimos processadores da Intel.

Banco do Brasil entra na mira hacker

A página do Banco do Brasil na internet é a mais nova vítima do ataque de hackers do grupo Anonymous contra bancos brasileiros.

Segundo a instituição, seu website registrou picos no volume de acessos, causando lentidão no sistema em algumas regiões do país, sem riscos à segurança das informações de clientes.

Banco do Brasil e Oi fecham parceria
O Banco do Brasil e a Oi firmaram uma parceria para oferecer aos clientes o Pacote  Bônus Celular  –  um  conjunto  de  serviços bancários em que o valor da  tarifa é revertido em créditos ou minutos para celular dos usuários dos planos Pré-pago ou Controle.
 
O cliente Oi com conta corrente no BB poderá ganhar bônus de R$ 15 e R$ 25 para utilizar em ligações. 
CPM e IBM AO FUNDO
CEF lança banco de investimento

Operação terá suporte tecnológico da CPM Braxis, da qual a CEF comprou 24% de participação, e de uma joint venture formada com a IBM.

CEF premia Fóton como fornecedor de software

A Fóton, especializada em software para automação bancária, recebeu da Caixa Econômica Federal uma moção de reconhecimento pela qualidade dos serviços prestados.

Fornecedora da CEF desde 2006, a companhia foi contemplada por projetos de desenvolvimento de software e operação de sistemas voltados à área de canais de atendimento, principalmente em redes de ATM e gestão da retaguarda de operações.

MPS.BR da SW Process na CEF premiado

O projeto de implementação do nível F do MPS.BR na Caixa Econômica Federal, realizado com consultoria da gaúcha Software Process, foi premiado na categoria Engenharia de Software do Prêmio Efinance 2011 da revista Executivos Financeiros.
 

CEF quer 10% da Cielo

A Caixa Econômica Federal está negociando a compra de participação na Cielo, com objetivo de ter pelo menos 10% do capital da líder em meios de pagamento eletrônico no Brasil.

A informação foi dada por uma fonte familiarizada com o assunto à agência Reuters.