Oito startups irão apresentar seus negócios a investidores no Vale do Silício. Foto: zimmytws/Shutterstock.

Vinte empresas participaram, na sede do Google em Mountain View, de um treinamento preparatório para apresentação dos seus negócios a investidores do Vale do Silício. Oito delas foram selecionadas para a etapa final de apresentação, na sexta-feira, 25: ATAR, Calculador, Geovoxel, Menu for Tourist, PagSaúde, PopRecarga, Preditiva e Smarket.

As startups terão a oportunidade de apresentar seus negócios a investidores durante o evento "Brazil in the 21st Century", conferência anual organizada pela BayBrazil. 

A iniciativa é da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com a liderança da +Innovators, que desenvolve programas e eventos de capacitação e conexão de negócios. 

De Santa Catarina, a ATAR desenvolve tecnologias vestíveis. O CEO e co-fundador da empresa é Orlando Purim Junior, que também é co-fundador do jogomarcado.com, site para busca de quadras esportivas.

O Calculador, criado em Minas Gerais, é um portal com calculadoras de índices como rescisão, férias e segura-desemprego.

A Geovoxel é uma consultoria consultoria em engenharia com ênfase em geomática. A empresa tem Louis-Martin Losier como CEO. Ele é doutor em geotecnia ambiental pela UFRJ.

O Menu for Tourist, do Rio de Janeiro, é um app que apresenta restaurantes a partir da localização do turista, com cardápios em diversas línguas.

A Pagsaúde é uma plataforma online que dá acesso à saúde básica (consultas, exames e medicações) para pessoas que não podem pagar por um plano de saúde por meio do parcelamento do pagamento. Frederico Bonadiman Esteves, CEO da startup, já passou por empresas como Itaú, Bradesco e Avista Cartões.

O Pop Recarga é um sistema para compra online sem cartão de crédito. Indo até um dos pontos de recarga da empresa, o usuário pode comprar créditos para usar nas lojas virtuais credenciadas.

A Preditiva é focada em monitoramento de sistemas de refrigeração. A empresa fornece informações sobre o comportamento dos equipamentos e dos alimentos armazenados a partir de um sistema de controle e análise de informações.

A catarinense Smarket é responsável por um software que permite aos varejistas organizarem o processo de criação de ofertas e avaliarem o resultado de suas ações. A sócia-diretora da empresa, Marcela Viegas Graziano, já gerenciou projetos na Cozinha Mané e no Imperatriz Gourmet.

As startups aprimoraram ao longo dia dia seus pitches em inglês para uma banca formada por especialistas em modelos de negócios e apresentações para investimentos. As participantes integram uma missão empresarial ao Vale do Silício de mais de 50 empresas promovida pelo Sebrae.