Jeovani Salomão, presidente da Assespro Nacional. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Segundo um levantamento realizado pela Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro Nacional), apenas uma em cada nove empresas brasileiras de TI possui a certificação empresarial que atesta a qualidade dos produtos e serviços oferecidos. 

A entidade afirma que cerca de 12% das companhias entrevistadas receberam certificados específicos na área de tecnologia em 2014. 

“Houve uma queda em relação ao ano anterior, quando 15,3% possuíam este reconhecimento”, compara o relatório.

O índice também fica bem abaixo da média registrada na América Latina, onde 40,3% das corporações têm este tipo de aval de qualidade.

“A falta de certificação dificulta que as empresas brasileiras consigam novos parceiros e investidores. É preciso estimular a busca pela excelência em todos os processos para mudar esse status. Só assim será possível oferecer sempre o melhor ao consumidor”, avalia Jeovani Salomão, presidente da Assespro Nacional.

O estudo aponta que a principal certificação no Brasil é o ISO 900x, presente em 3,9% das companhias. Depois, 3,2% possuem o MPS.br nos níveis A a G (método desenvolvido no Brasil). 

Além disso, 3% das organizações têm CMMi (Capability Maturity Model Integration) nos níveis 2 e 3. O selo avalia a maturidade dos processos de software.