Rodrigo Guerrero, diretor de vendas da Equinix no Brasil.

A SevenPDV, especialista em fidelização e relacionamento com consumidores e pontos de vendas, escolheu hospedar seu ambiente de tecnologia da informação com a Equinix, companhia global de serviços de data center e interconexão. 

Com mais de 20 anos de experiência no setor farmacêutico, a SevenPDV tem como uma de suas especialidades o desenvolvimento de programas para apoio a pacientes nas compras em farmácias.

“Atendemos mais de 22 mil farmácias, distribuídas em cerca de 3 mil cidades brasileiras, e precisávamos de um ambiente que nos garantisse 100% de disponibilidade. Com o ambiente indisponível, a compra do remédio não é possível e, muitas vezes, os medicamentos são controlados e o paciente precisa deles naquele momento”, explica Maurício Ianez, diretor de Operações da SevenPDV.

A SevenPDV tem seu ambiente de TI hospedado no data center IBX em Tamboré. O site recebe energia de duas subestações diferentes de fornecimento para garantir a continuidade de operações. 

“Mesmo que aconteça qualquer falha no fornecimento de energia, temos uma estrutura de no-breaks e geradores dentro do prédio. A SevenPDV conta, ainda, com nosso suporte no esquema 24x7”, afirma Rodrigo Guerrero, diretor de vendas da Equinix no Brasil. 

A Equinix também mantém um ambiente de Disaster Recovery/redundância para a SevenPDV em seu data center IBX no centro de São Paulo.

“As empresas estão constantemente expostas a diferentes riscos operacionais, por isso temos um ecossistema preparado para garantir energia elétrica, refrigeração e backup imediato e seguro aos nossos clientes”, explica Guerrero.

A Alog Data Centers do Brasil anunciou, em março deste ano, a fusão total de sua marca com a Equinix. A companhia brasileira utiliza, agora, toda a identidade visual Equinix em seus data centers, razão social, materiais promocionais e redes sociais. 

O processo começou em abril de 2011, quando a Equinix e a Riverwood Capital compraram, em parceria, 90% das ações da Alog em uma transação avaliada em aproximadamente US$ 126 milhões. 

Pelo acordo, a Equinix tinha participação majoritária na empresa brasileira e poderia concluir a compra depois de três anos. Em julho de 2014 o restante da Alog foi adquirido em transação comercial de US$ 225 milhões.