Foto: divulgação

A Transbrasa, empresa de Santos especializada em logística para as áreas de transporte e armazenagem de cargas, investiu em uma infraestrutura IBM PureSystems para capacitar seu sistema de TI a atender às novas exigências da Receita Federal para a movimentação e armazenagem de cargas.

A empresa, que também avaliou ofertas da Dell e HP, não anuncia o valor de investimento, mas afirma que o modelo de aquisição e implantação resultou em uma economia bruta de R$ 600 mil.

O projeto foi implementado pela própria IBM e surgiu por uma demanda por processamento latente na empresa.

A solução implementada na Transbrasa inclui dois sistemas IBM Pure Flex, sendo um principal e um de contingência, para suportar o banco de dados, além de lâminas x240 baseadas em tecnologia Intel para o ambiente Windows.

Também fazem parte do projeto o FSM (Sistema de Gerenciamento), dois sistemas de armazenamento IBM Storwize V7000 e duas unidades de backup com software TSM (Tivoli Storage Manager) para backup de todas as informações.

Segundo Bayard. Umbuzeiro Neto, vice-presidente da Transbrasa, um dos aspectos de maior relevância durante a implantação foi o planejamento detalhado de todo o processo, de forma a evitar qualquer impacto negativo aos usuários.

A solução implementada no parque tecnológico gerencia automaticamente o volume de armazenamento de discos gerado pelos novos sistemas de OCR (para identificação e reconhecimento automático de caracteres de placas de veículos e números de contêineres), pelo monitoramento eletrônico (70 câmeras de segurança) e pelo raio-X dos contêineres.

A expectativa é que a empresa tenha retorno de aproximadamente 30% do investimento já no primeiro ano.

Como evolução do projeto, a companhia planeja a virtualização dos desktops para reduzir custos na compra de novos equipamentos para usuários finais da rede e a disponibilização de tecnologia móvel (tablets) para colaboradores que atuam em campo.