A Ericsson foi escolhida pela Vivo para fornecer uma arquitetura de Headend. Foto: Divulgação.

A Ericsson foi escolhida pela Vivo para fornecer uma arquitetura de Headend, com base na MediaFirst Video Processing Encoding Live 8.1, sua solução de codificação de software habilitada para a nuvem. O acordo faz parte da estratégia da VIVO para ampliar o alcance de IPTV.

Com a solução da Ericsson, a Vivo espera implantar rapidamente novos serviços de vídeo, gerar eficiências operacionais e oferecer uma melhor qualidade de experiência aos assinantes. 

"Estamos respondendo às tendências de vanguarda de hoje no consumo de vídeo e ao aumento do tráfego de rede, oferecendo as experiências de visualização imersivas, interativas e envolventes que nossos assinantes desejam. Ao ampliar a parceria com a Ericsson, podemos usufruir da grande experiência na entrega de tecnologias importantes de mídia e inovações da indústria", explica Maria Claudia Cagnoni Ornellas, diretora de transformação e experiência do cliente.

O MediaFirst Video Processing Encoding Live 8.1, quando combinado com a plataforma T1 acelerada por hardware de alta densidade, oferece uma arquitetura de microsserviços unificados e inclui gerenciamento centralizado, redundância integral e benefícios dinâmicos de licenciamento.