Foto: corfecal / Flickr

Tamanho da fonte: -A+A

O governo do Rio Grande do Sul pretende subir a taxa de licenciamento anual de veículos cobrada pelo Detran.

Segundo publica a Zero Hora desta terça-feira, 24, a medida faz parte do pacote com 22 propostas que o governador Tarso Genro (PT-RS) deve enviar até o final da semana para a Assembleia Legislativa.

Na apresentação das propostas, nesta segunda-feira, 23, o governo não revelou para quanto pretende subir a taxa, hoje em R$ 40,95, apenas que a ideia é “equalizar” a mesma com os valores cobrados em outros estados.

Agora resta esperar para saber qual vai ser a “equalização”. Se for com os vizinhos da região Sul, a nova taxa será de R$ 58.

Um consolo para quem vai marchar a mais na hora de renovar o licenciamento do carro é que podia ser bem pior.

Mesmo reajustado, o Rio Grande do Sul tem umas das menores taxas, na comparação com Mato Grosso do Sul (R$ 162,60), Bahia (R$ 149) e São Paulo (R$ 141,99).

O governo gaúcho acena com contrapartidas como o corte de cerca de 30 taxas menores, a isenção de pagamento da segunda via da carteira de habilitação e do certificado do veículo em caso de roubo.