Guaraná da Fruki é uma instituição no Rio Grande do Sul. Foto: Divulgação.

Daniel Hallmann não é mais gerente de TI da Fruki, fabricante de bedidas sediada em Lajeado, no interior do Rio Grande do Sul.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

Hallmann estava no cargo desde 2014. 

O profissional começou a carreira na Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo em 1993.

Entre 2006 e 2012 ele foi supervisor de TI da empresa de planos de saúde.

Segundo o Baguete pode averiguar, o coordenador de operações de TI, Rodrigo Petter, está respondendo pela área no momento.

Mas a Fruki está procurando um novo gerente de TI. Um anúncio foi publicado no Kenoby.

Fundada em 1924, a empresa tem sete linhas de produção automatizadas com capacidade para fabricar até 420 milhões de litros de bebidas por ano. 

Ela produz refrigerantes da marca Fruki, os suplementos energéticos Frukito, a linha Sabores Intensos, com Água Tônica e Citrus, os sucos Com/Tem, o energético Elev, a cerveja Bellavista, além de engarrafar a água mineral Água da Pedra.