José Vivaldo Mendonça, secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia. Foto: Divulgação.

O engenheiro agrônomo José Vivaldo Mendonça tomou posse na segunda-feira, 23, como secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado da Bahia (Secti). 

Ele foi indicado para o governador Rui Costa como o nome do PSB. Sua mais recente experiência foi a de diretor-geral da Imprensa Nacional da Casa Civil, sendo responsável pela gestão do Parque Gráfico da Presidência da República e Diário Oficial da União.

Para o novo titular da Secti, o desafio da pasta é trabalhar o fortalecimento da ciência e da tecnologia, buscando a inovação para o desenvolvimento do estado da Bahia.

Mendonça quer trabalhar na integração entre as universidades, no centro de pesquisa, na unificação de estratégias e no fortalecimento dos polos de conhecimento e informação, unindo a Região Metropolitana e os polos do interior da Bahia. 

“Garantir a união do conhecimento acadêmico com o conhecimento popular e que isso gere desenvolvimento e transformação integrando o estado é o nosso principal objetivo”, reforça.

Mendonça foi gerente técnico da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) em 2007. Depois, foi secretário-executivo da Associação dos Municípios da Região Cacaueira. No mesmo período, passou a ser titular do Crea-BA e foi conselheiro da Câmara Setorial de Agronomia do Conselho Federal de Engenharia. 

No governo de Jaques Wagner, foi diretor executivo da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e ainda atuou como subsecretário estadual da Agricultura.