Tela do Tasy. Foto: divulgação.

A Philips fechou um acordo com a Wolters Kluwer para incluir as informações da sua biblioteca de medicamentos  ao software de gestão em saúde Tasy.

A integração elimina vários logins e a necessidade de alternar entre várias janelas simultaneamente. 

O sistema da Wolters Kluwer dá acesso a mais de 10,5 mil temas clínicos em 22 especialidades médicas. A solução é usada por 1 milhão de médicos em mais de 170 países.

Além da Wolters Klower, a Philips também anunciou, em maio, parceria com a Accenture, empresa global de consultoria de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing.  

A gigante holandesa vem se mexendo para aumentar o poderio do Tasy, adquirido pela companhia em 2011 por meio da compra da catarinense Wheb Sistemas, de Blumenau.

Neste ano, a Phillips fechou um acordo com a Accenture para que a consultoria atue como canal de distribuição para revenda da licença do Tasy. 

O Tasy é utilizado no Brasil por cerca de 500 clientes, entre eles hospitais como o Hospital São Francisco, em Brasília, e Unimed Salto-Itu, no interior de São Paulo.