A Embrapii selecionou sete Instituições de Ciência e Tecnologia em uma nova chamada. Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

A Embrapii selecionou sete Instituições de Ciência e Tecnologia em áreas consideradas estratégicas dentro da política de inovação brasileira a partir de uma chamada pública lançada em setembro de 2016. 

As instituições selecionadas forma Centro de Química Medicinal de Inovação Aberta (Unicamp); Centro Suíço de Eletrônica e Microtécnica (CSEM-MG); Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP); Instituto de Física de São Carlos (USP); Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT-AM); Instituto Senai de Joinville; e Departamento de Engenharia Química da Poli USP.

Juntas, essas instituições têm planos de ação no valor de R$ 177 milhões, sendo R$ 58,8 milhões da Embrapii – organização social qualificada pelo governo federal em 2013, que mantém contrato de gestão com o MCTIC. 

Com a validação das sete instituições, a Embrapii conta agora com 35 unidades credenciadas.

A Embrapii atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação.