Modelo LiveWire, da Harley, ainda não será vendida. Foto: Divulgação.

A Harley-Davidson anunciou o Projeto LiveWire, a primeira motocicleta elétrica da marca. A partir desta semana, consumidores selecionados nos Estados Unidos poderão pilotar e avaliar o modelo. 

O projeto foi desenvolvido com o objetivo de coletar sugestões sobre como os motociclistas acreditam que deve ser uma motocicleta elétrica da marca. A empresa ainda não tem planos de comercialização do modelo.

Ainda neste ano, a empresa realizará uma turnê pelos Estados Unidos, que começará com uma viagem pela Rota 66.

A viagem, chamada de Projeto LiveWire Experience, visitará mais de 30 concessionárias Harley-Davidson. Em 2015, a iniciativa continuará no país e também seguirá para o Canadá e para a Europa.

Segundo Matt Levatich, presidente e chefe de operações da Harley-Davidson Motor Company, o Projeto LiveWire é outro momento emocionante da história da marca liderado pelos seus clientes. 

A troca de informações com os consumidores já resultou no lançamento de produtos como as motos Touring, do Projeto Rushmore, e a linha Harley-Davidson Street 500 e 750.

O movimento da Harley acontece em um momento em que o mercado de carros elétricos parece estar avançando. 

Neste mês de abril, a Tesla Motors, fabricante de automóveis de luxo movidos a eletricidade comandada pelo fundador do Paypal, anunciou a abertura de suas patentes. A atitude já resultou em conversas com a Nissan e a BMW para a tentativa de criação de um padrão para os carregadores deste tipo de veículo.