Jeferson Propheta.

Jeferson Propheta, ex-diretor regional da McAfee no Brasil, está de saída para a CrowdStrike, onde vai assumir o cargo de country manager, abrindo as operações diretas da companhia no país.

A CrowdStrike é uma companhia de segurança em alta, mas com os negócios ainda muito concentrados nos Estados Unidos.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete. O site não conseguiu ainda apurar que cargo o executivo terá na nova empresa.

A CrowdStrike trabalha com segurança de endpoint e serviços de resposta a incidentes.

A empresa esteve envolvida nas medidas de resposta a ataques de grande repercussão, como o da Sony em 2016, quando a companhia provou a autoria norte coreana do hack.

O Google colocou US$ 100 milhões na empresa em 2015. De acordo com dados do Gartner, 79% do faturamento da empresa ainda é concentrado na América do Norte, apesar da companhia ter clientes em 176 países (provavelmente, multinacionais americanas).

As soluções da empresa até agora eram vendidas apenas indiretamente no país, por meio de parceiros como a InterOp e Oblock.

Propheta estava na McAfee desde 2011 e havia passado por cargos como consultor de segurança, gerente de projeto, gerente regional e diretor de serviços de segurança para a América Latina.

Propheta assumiu o comando em fevereiro de 2018, depois da McAfee voltar a ser uma empresa independente da Intel.