DAQUI PRA LÁ

LCS abre nos EUA

23/05/2012 17:11

A integradora LCS, especializada em soluções para cloud computing, virtualização e data center, abriu uma filial em Fort Lauderdale, Flórida, para atender a empresas brasileiras que têm escritório nos EUA.

Com matriz em Ribeirão Preto e escritórios em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Campinas, Goiânia, Belo Horizonte e Brasília, a LCS é parceira de nomes como Microsoft, IBM e Citrix.

Tamanho da fonte: -A+A

A integradora LCS, especializada em soluções para cloud computing, virtualização e data center, abriu uma filial em Fort Lauderdale, Flórida, para atender a empresas brasileiras que têm escritório nos EUA.

Com matriz em Ribeirão Preto e escritórios em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Campinas, Goiânia, Belo Horizonte e Brasília, a LCS é parceira de nomes como Microsoft, IBM e Citrix.

De acordo com Roberto Guimarães Campos, CCO da LCS, a vantagem de criar uma operação nos EUA passa por ganhar escala em volume de produtos com as marcas parceiras.

Ainda segundo ele, a criação da nova filial faz parte de uma estratégia de expansão que prevê abertura de novos escritórios nos próximos cinco anos.

Para dar sustentação organizacional, a companhia também criou quatro novas diretorias: Diretoria Nacional de Vendas Geo Coverage, Nacional de Vendas Large Account, de Business Development e de Serviços.

Com cerca de 80 funcionários, a LCS aumentou seu faturamento em 150% no ano passado, embora não revele o número faturado.

Para 2012, a meta é crescer 40%, conforme Guimarães.

Veja também

Gaúcha Procad abre nos EUA

A caxiense Procad acaba de abrir um escritório nos EUA, com investimento inicial de US$ 240 mil, entre recursos próprios e provindos da Apex.

Instalada em Miami, a filial abre as portas com dois colaboradores brasileiros e soma-se à estrutura de atendimento da Procad ao mercado internacional, que hoje responde por 5% das vendas por meio de escritórios no México e Argentina, além de parceiros na Espanha e Portugal.

Ilegra abre nos EUA

A porto-alegrense Ilegra acaba de inaugurar um escritório nos Estados Unidos.

A unidade é peça-chave da estratégia da empresa para se tornar um player de atuação global, o que já vem acontecendo: em 2010, cerca de 30% dos negócios da empresa vieram de contratos no exterior, onde a carteira traz nomes dos setores de informação e comunicação.

ESPRAIANDO
Accera abre em São Paulo

Gaúchos abrem em São Paulo, onde já se concentram 60% dos negócios, com meta de expandir uma carteira formada por nomes como L’Oréal, P&G, Aché e Penalty.

SEGUNDA NO NORDESTE
Acesso Digital abre em Pernambuco
Não é só o faturamento da paulista Acesso Digital que aumentou, ficando em R$ 12 milhões em 2011, alta de 71% sobre 2010: a estrutura física também, com uma nova unidade em Pernambuco.

A operação é a segunda da companhia, especializada em tecnologia para digitalização de documentos, no Nordeste. A primeira fica em Salvador.