Ricardo Giudice.

Ricardo Giudice, ex-gerente de vendas da Mandic, acaba de assumir a diretoria de Vendas e Marketing da Benner.

O executivo começou a carreira na ComDominio Data Center, em 2001, e desde então passou por cargos de gerência na área comercial de empresas como Diveo, Softcorp e Bestway.

Em nota, a Benner aponta que a chegada de Giudice é parte da estratégia do programa de expansão da companhia, Sprint 2020, com investimentos importantes na área comercial, além da contratação de novos executivos de contas para todo o país.

Um dos seus primeiros projetos na Benner é a reformulação do Programa de Canais, que visa reforçar a qualidade dos parceiros e aumentar a sua capilaridade geográfica nos segmentos estratégicos. 

Para 2019, a companhia está em busca de novos canais e espera dobrar a participação deles no seu faturamento total.

“A Benner vive uma fase institucional muito interessante, de transformação cultural, com foco em resultados e inovação”, comenta Giudice, que vai liderar um time de 50 pessoas.

A chegada de Giudice acontece em um momento de mudanças na Benner, que no ano passado anunciou uma mudança de CEO.

Bruno Primatti, ex-vice presidente executivo da Bematech, deveria assumir a presidência no lugar do fundador, Severino Benner, até março.

Quando da sua contratação, Primatti falou em colocar a Benner entre as duas maiores do setor de software empresarial no país.

A Benner já fez uma grande reorganização em 2016, quando a companhia se dividiu em duas vice-presidências, uma focada no mercado de saúde, no qual a Benner tem forte participação, e outra focada em soluções de logística, turismo, RH e jurídico.

Naquela ocasião, Antônio Roberto Nogueira, Celso Lara e Walcir Augusto Wehrle alienaram suas participações para a holding e desligaram-se da sociedade.

De origem catarinense, hoje a companhia tem matriz em São Paulo, além de unidades em Blumenau, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Maringá e Curitiba. Ao todo, são 1,2 mil colaboradores.