QUEM NUNCA

Microsoft usa ERP da SAP

23/03/2021 09:47

Mas tudo bem, porque a SAP usa gerenciamento de workflow da ServiceNow.

"Você usa software da concorrência no lugar do próprio software".

Tamanho da fonte: -A+A

A Microsoft, que tem no seu portfólio o software de gestão Dynamics 365 (antes chamado de AX), usa ela mesma um ERP da SAP, em tese sua concorrente no segmento.

A informação, reportada pelo site The Register, pipocou durante um evento digital do banco Morgan Stanley com o CFO da SAP, Luka Mucic.

“O Dynamics é mais uma solução para o mercado médio. A Microsoft usa SAP para suas operações internas”, disse Mucic.

Questionada pelo Register, a Microsoft confirmou disse que usa o Dynamics 365 e uma “variedade” de outras aplicações de negócios, incluindo o SAP.

A própria SAP, por outro lado, acaba de adotar o software de gestão de workflows da ServiceNow para gerenciar o serviço ao cliente e a sua área de suporte.

Quem revelou isso foi o CEO da ServiceNow, Bill McDermott, durante uma conferência com analistas. McDermott, aliás, era até pouco tempo atrás o CEO da SAP.

A SAP tem a sua própria tecnologia de gestão de workflows, mas pelo visto, como a Microsoft, prefere comprar o produto de um concorrente.

As empresas de tecnologia gostam de dizer que o seu produto atende qualquer necessidade integralmente. É conversa de marketing. 

A verdade é que como qualquer outra grande organização, dificilmente uma SAP ou uma Microsoft vão conseguir resolver todos os seus problemas com um só fornecedor, mesmo que esse fornecedor seja a própria empresa.

ÀS VEZES É PARA VALER

Algumas vezes, no entanto, a ideia de não usar soluções de concorrentes em casa é mais do que conversa fiada.

Foi o caso da Amazon, que ao longo de 2018 e 2019 fez uma verdadeira campanha para deixar de usar produtos da concorrente Oracle, com direito a festinha de despedida na Internet e tudo.

O plano vazado pela imprensa na época era zerar o uso de banco de dados e tecnologia da Oracle até o final de 2020.

Em 2020, no entanto, surgiu uma coisa chamada coronavírus, e não se sabe se a meta da Amazon foi finalmente atingida. O assunto sumiu.

Veja também

POSIÇÃO
T-Systems vira broker de nuvem

Gigante alemã de tecnologia anuncia acordos com AWS, Microsoft Azure, Google e VMware.

TROCA
Jeff Bezos de saída, assume Andy Jassy

Fundador da Amazon será substituído pelo executivo que hoje lidera a AWS.

PRESENÇA
Huawei reforça nuvem no Brasil

Com nova zona de disponibilidade, os chineses querem competir com AWS e Azure.

COMPRINHAS
Iguatemi faz AMS com Rimini

Empresa de shopping centers já era cliente de suporte independente desde 2016.

ERP
Totvs faz renovação no Datasul

Sistema de gestão está sendo modernizado em trabalho conjunto com os clientes.

FATIAS
Wickbold faz AMS diferente

Gigante de pães tem três fornecedores competindo para entregar melhorias.

PIONEIRA
TIM migra para nuvem da Oracle e Microsoft

Operadora é a primeira do Brasil a migrar 100% dos seus data centers.

NUVEM
Banco BS2 migra para Google Cloud

Instituição quer usar ferramentas para geração de insights baseados em dados e inteligência artificial.

SEM MEDO
Google torra dinheiro com nuvem

Prejuízo da divisão nos últimos três anos foi de US$ 14,6 bilhões. Mas o Google não liga.