Alberto Rosati. Foto: divulgação.

A Tech Mahindra, consultoria multinacional de TI, anunciou nesta segunda-feira, 23, uma parceria com a Equinix, empresa internacional de serviços de data centers e que no Brasil controla a operação da Alog.

Para a companhia indiana, a parceria tem como objetivo expandir seus negócios no país e América Latina em 2015, atuando em em negócios relacionados a Network Operational Center (NOC), Host Operational Center (HOC), e Security Operational Center (SOC), além de serviços de sustentação de aplicações críticas e infraestrutura.

Para Alberto Rosati, CEO da Tech Mahindra no país, ao utilizar a estrutura da Equinix, a empresa terá maior capacidade de escalonamento, alta disponibilidade e redução de custo para os clientes.

"Nossa meta, agora, é aumentar nossa participação no mercado, principalmente em cloud, serviços gerenciados e em full outsourcing, com impacto relevante no segmento de outsourcing de TI", afirma Rosati.

Outro fator citado pela Tech Mahindra é o de que a Equinix teve seus data centers certificados pela SAP, o que assegura desempenho segundo as melhores práticas e desempenho aos clientes que operam com soluções SAP.

Ao se tornar cliente Equinix, a Tech Mahindra passa a ter acesso ao Equinix Marketplace e ao Equinix Forum, ferramentas que fomentam a troca de informações e geração de novos negócios entre mais de 4,8 mil companhias.

"A conectividade da plataforma flexibiliza o relacionamento e abre portas para demonstrarmos nossa expertise em soluções tecnológicas. Em contrapartida, a Tech Mahindra também possibilita novas oportunidades de negócios para a Equinix, ao funcionar como um canal de negócios nas transações que realiza", comenta Rosati. 

A aliança da Tech Mahindra com a Equinix acompanha outras manobras da companhias para aumentar sua presença no segmento de outsourcing e cloud. Em fevereiro, a empresa firmou um acordo com a IBM para o desenvolvimento de uma plataforma de desenvolvimento de aplicativos em nuvem.

Em 2014 a Tech Mahindra registrou um faturamento de aproximadamente US$ 4 bilhões, crescendo 30% sobre sua receita em 2013. Para 2015, a estimativa global da empresa é bater os 40% em crescimento, chegando a US$ 5,6 bilhões.