O Brasil tem cerca de 135 milhões de celulares pré-pagos. Foto: Pexels.

Os consumidores das regiões Sul e Sudeste do país agora podem consultar no portal Cadastro Pré a existência de celulares pré-pagos, registrados com seu CPF, nas operadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo. 

De acordo com o site Tele Síntese, a ativação da ferramenta nestas regiões torna a ferramenta disponível para todo o Brasil.

Caso o consumidor identifique um número cadastrado em seu CPF sem seu conhecimento, o pedido de cancelamento deve ser atendido em até 24 horas se a solicitação for executada por meio de atendente. Sem intervenção humana, o prazo é de até 48 horas.

Eventualmente, as prestadoras poderão entrar em contato com os detentores de linhas sem titularidade reconhecida para solicitar a atualização cadastral, sob pena do seu cancelamento.

A solução foi apresentada pelas empresas no Plano de Ação Setorial e aprovada pela Anatel, com a primeira etapa do projeto entre abril e novembro de 2019.

Neste período, as prestadoras realizaram campanha para atualização cadastral junto aos titulares de linhas pré-pagas ativas de todo o país.

Neste ano, estão sendo realizadas as etapas de disponibilização dos dados para consulta. 

Também são previstas medidas adicionais para melhoria dos procedimentos de habilitação de novos chips, como a adoção de um modelo de cadastro com validação documental e digitalização das informações cadastrais.

Segundo o site, o Brasil, tem cerca de 135 milhões de celulares pré-pagos e, em cada mil, três apresentam inconsistências cadastrais.