BRASIL

Qualcomm: chips 4G no Brasil em 2013

22/08/2012 11:08

A promessa foi feita pelos executivos da empresa à presidente Dilma Rousseff e ao Ministro das Comunicações Paulo Bernardo.

Paul Jacobs, presidente do Conselho de Administração da Qualcomm. Foto: Agência Brasil

Tamanho da fonte: -A+A

A Qualcomm, empresa americana especializada na produção de chipsets para celulares, se comprometeu a produzir chips da tecnologia 4G no Brasil até 2013.

A promessa foi feita pelos executivos da empresa americana, que se reuniram com a presidente Dilma Rousseff e o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, nesta terça, 21.

Na reunião, eles falaram sobre os projetos que serão desenvolvidos pelo centro de pesquisas que a empresa está montando no Brasil, em São Paulo.

“Tivemos uma ótima discussão sobre a evolução da telefonia móvel. Queremos incentivar os smartphones como ferramenta de inclusão digital", afirmou o presidente do conselho de administração da empresa, Paul Jacobs, após a reunião no Palácio do Planalto.

Em abril deste ano, a companhia americana prometera implantar um centro de desenvolvimento, o que está acontecendo em São Paulo, especialmente voltado ao planejamento de chipsets para tablets.

O governo, em contrapartida, incluiu a empresa na Lei do Bem, que desonera a produção dos equipamentos.

A Qualcomm não é uma fabricante de chipsets, mas trabalha no desenvolvimento destes produtos, que são depois utilizados por diversos fabricantes – as patentes destes produtos constituem 60% do lucro da empresa.

"O Brasil é o primeiro centro global da Qualcomm para o desenvolvimento de tablets. A partir do primeiro trimestre de 2013 teremos os primeiros projetos prontos”, afirmou o presidente da divisão de semicondutores da Qualcomm no Brasil, Cristiano Ramon.

Conforme matéria do Valor, a empresa americana Qualcomm se comprometeu a produzir chips para as diferentes tecnologias da quarta geração de celular (4G) que forem adotadas no Brasil.

Na faixa destinada aos serviços na zona rural (450 Mhz), alguns centros de pesquisa e operadoras, como a Oi, já realizam testes com internet móvel de alta velocidade.

"Um dos compromissos que fizemos é o de incorporar todas as bandas que o Brasil está considerando para 4G --não só de 700 MHz, mas de 2,5GHz e de 450 MHz, para banda larga rural, também", destacou Ramon.

Para as próximas semanas, Jacobs afirmou que novas parcerias com empresas que produzem no Brasil devem ser estabelecidas.

Em maio, a companhia firmou acordo com a Digibras Indústria do Brasil, dona das marcas CCE Info e CCE Mobi, de licença para 3G e 4G.

COPA DO MUNDO

As discussões em torno do 4G, rede de telefonia e internet móvel de quarta geração, pelo governo se tornam cada vez mais importantes à medida que a Copa do Mundo de 2014 se aproxima.

A presidenta Dilma Rousseff, em seu programa de rádio, afirmou que a 4G será implantada no país antes da Copa. Segundo a Anatel, até a metade de 2013, capitais e grandes centros já devem receber cobertura 4G.

Em junho, o governo brasileiro leiloou licenças de 4G na frequência de 2,5 GHz. Recentemente, anunciou que pode realizar nova licitação, na faixa de 700 Mhz, em 2013.

Veja também

FIREFOX
Smartphpone da Mozilla estreia no Brasil

Interface do novo sistema operacional móvel seguirá o padrão das aplicações web da marca.

CAPITAL
Startups do Brasil no mapa da Qualcomm

Com premiação total de US$ 950 mil, sendo US$ 100 mil aos vencedores de cada região participante, além de US$ 150 mil ao grande vencedor. Essa é a primeira vez que o Brasil entra no prêmio.

EXPANSÃO
Qualcomm contrata dois ex-Intel

Multinacional de chips contratou um grupo de quatro executivos para fortalecer suas operações no Brasil, sediadas em São Paulo. Dois deles vem da concorrente Intel.

CHEIOS DE AMOR
Qualcomm fará P&D no Brasil

Executivos da multinacional de tecnologia 3G divulgaram a abertura de centro de pesquisa e desenvolvimento focado em tablets para mercado em massa, com um laboratório para apoiar desenvolvedores brasileiros de apps. 

CHIPS BILIONÁRIOS
Semicondutores têm alta de 1,8% na receita

Dados do Gartner indicam que a receita mundial de semicondutores chegou a US$ 306,8 bilhões no ano passado, 1,8% de aumento sobre 2010.

Segundo o instituo, os 25 maiores do ramo cresceram mais rápido que a indústria como um todo, correspondendo, juntos, a 69,2% do ganho total em 2011. Metade do crescimento, no entanto, veio de fusões e aquisições.

Dell + Baidu = smartphone na China

A Dell uniu forças com o Baidu, maior ferramenta de buscas da China – e terceiro maior do mundo – para lançar o Streak Pro.

O novo modelo virá com o sistema operacional Baidu Yi.

Na prática, trata-se de uma plataforma compatível com aplicativos Android, porém substituindo os serviços Google embarcados na ferramenta por produtos próprios de busca, música e mapas.

Qualcomm quer entrar nos PCs

Tradicional player do mercado de smartphones e tablets, a Qualcomm quer entrar na área de PCs com seus novos chips Snapdragon S4, afirma Paul Jacobs, CEO da empresa.

Em apresentação na CES 2012, Jacobs revelou que a companhia está conversando com fabricantes de PC para fazer computadores leves e finos baseados no chip, baseado na arquitetura ARM.

Grande parte dos computadores de hoje possuem chips x86 da Intel e AMD, comenta o site Computerworld.