Maurício Cascão, CEO da Mandic Cloud. Foto: Divulgação.

A Mandic Cloud Solutions, especializada em serviços profissionais em cloud, registrou a marca de R$ 130 milhões em faturamento no ano passado, o que significa um crescimento de 40% em relação ao resultado de 2017.

A companhia, que no início do ano passado adquiriu a empresa Rivendel, pode realizar novos investimentos e abertura de capital (IPO) dentro dos próximos anos. 

“Estamos focados no crescimento orgânico e sustentável da empresa, mas não descartamos novas aquisições”, revela Maurício Cascão, CEO da Mandic Cloud.

Para o executivo, entre os fatores que impulsionaram os resultados de 2018 estão a profissionalização do time pela universidade corporativa (MUC), o aumento do portfólio de serviços e as re-certificações da ISO 20.000 e PCI-DSS.

“Faz parte dos desafios para este ano sermos uma empresa fantástica para trabalhar seguindo um modelo de gestão centrado no cliente”, explica Cascão.

A Mandic atende a clientes como CVC, Natura, Carrefour, Samsung, Ipiranga, Ajinomoto, Nielsen, MaxMilhas, Creditas, PagSeguro, Koin e Nubank. 

Com unidades em São Paulo, Maringá, Fortaleza, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e Fernandópolis, a Mandic já atendeu mais de 1 mil clientes.

A Mandic atua na gestão de ambientes em nuvem corporativa (pública, híbrida e privada) oferecendo soluções de computação em cloud própria, baseada em OpenStack e VMWare, além da AWS, com gerenciamento e serviços profissionais em nuvem.