Emanuel Almeida. Foto: divulgação.

A Codenomicon, desenvolvedora finlandesa de soluções de segurança, anunciou a contratação de um gerente regional de vendas para o Brasil. O responsável pela empresa no país é Emanuel Almeida, ex-engenheiro de sistemas da Symantec.

Almeida ficará sediado em São Paulo e será responsável por auxiliar parceiros a se familiarizarem com as soluções de segurança, além de trabalhar na capacitação e prospecção de novos canais.

A companhia europeia, mesmo fundada há mais de dez anos, ganhou proeminência nos últimos meses ao descobrir em abril deste ano o Heartbleed, grave vulnerabilidade na Internet.

Segundo dados de especialistas, na época de sua divulgação, cerca de 17% de ambientes supostamente protegidos estava expostos aos problemas do Heartbleed.

O Heartbleed expôs cerca de 2/3 do conteúdo da memória de servidores web de todos os computadores do mundo para que invasores pudessem roubar informações como chaves de criptografia privada, cookies salvos e senhas de usuários.

Nas últimas semanas foi descoberta uma nova ameaça muito maior e mais complexa chamada Shellshock, um “bug” que segundo especialistas é ainda pior que o Heartbleed.

Passados seis meses da descoberta, Bob Booth, diretor de vendas e canais para a América Latina da Codenomicon, diz que o Brasil e a maioria dos outros países ainda não estão efetivamente preparados para lidar com esse tipo de ameaça de forma preventiva.

Segundo o executivo, na região ainda faltam meios de proteção e de reconhecimento dos desdobramentos de um ataque desta natureza.

Formado em engenharia de sistemas pela PUC-SP, Almeida tem cerca de 15 anos de experiência no segmento de TI com passagens por empresas como Tempest, IBM e por último, Symantec.