Jeff Immelt é hoje o candidato número um para assumir como CEO do Uber. Foto: Divulgação.

Jeff Immelt, ex-presidente da General Electric, é hoje o candidato número um para substituir Travis Kalanick como CEO do Uber.

Immelt renunciou de sua posição como CEO da GE no dia 1º de agosto. Ele continua sendo o presidente do conselho do conglomerado.

O Recode afirma ter “inúmeras” fontes que confirmam a informação. A maior parte do conselho da empresa de transporte por aplicativo está inclinada a nomear Immelt, mas outros dois candidatos ainda estão em avaliação. 

Na GE, investidores e funcionários criticaram o mandato da Immelt como CEO da empresa. Na sua saída, as ações da GE estavam mais baixas do que quando ele assumiu o cargo, em 2001.

O conselho do Uber espera nomear um novo CEO nas próximas duas semanas.

"Nós sabemos que nunca será uma escolha perfeita, mas todos estão ficando exaustos. Precisamos de alguém com habilidades para nos mover", declara uma fonte do Recode, sem ser identificada.

O Uber está sem liderança desde que Kalanick renunciou em junho. Além de Kalanick, a empresa perdeu vários executivos este ano e tem muitos buracos em sua equipe executiva, inclusive nos principais cargos financeiros e operacionais.

A empresa passou por uma série de controvérsias e escândalos desde o início do ano. O mais crucial foi desencadeado por uma investigação sobre assédio sexual na empresa e a cultura geral de trabalho de Uber, que foi estimulada por alegações de uma ex-engenheira. 

Na sequência da investigação, que encontrou evidências de inúmeros incidentes de assédio, Uber demitiu mais de 20 funcionários. Além disso, um grupo de investidores da empresa forçou Kalanick a deixar a companhia.

A busca por um CEO tornou-se fonte de mais uma série de controvérsias. A Benchmark Capital, um investidor antigo da companhia, processou Kalanick, acusando o executivo de impedir a seleção de um novo líder. 

Outros investidores da Uber criticaram duramente a Benchmark pelo processo. Kalanick tenta fazer com que o caso seja retirado e enviado a arbitragem.