: Fabiano Sandaniel, COO; Rafael Canzani, CTO; e Thiago Mateus, CEO .

A Easysapers é uma nova consultoria SAP que quer introduzir uma abordagem digital no mercado de serviços com a tecnologia da multinacional alemã, prometendo mais agilidade e redução de custos para o cliente final, sem comprometer a renda dos consultores.

A empresa desenvolveu uma plataforma online, por meio da qual clientes podem cotar projetos e serviços diretamente com 400 consultores. De acordo com a Easysapers, a abordagem já atendeu clientes por valores até 63% menores do que a média do mercado.

“O custo das consultorias tradicionais é alto. Nós cortamos custos de backoffice, pré-vendas e financeiro colocando isso dentro da plataforma”, explica o cofundador e COO da Easysapers, Fabiano Sandaniel.

De acordo com Sandaniel, outra forma de diminuir custos é na alocação de consultores ao longo das diferentes fases do projeto, com um engajamento menor nas fases iniciais, além de incentivar a possibilidade de home office por parte dos consultores.

O COO da Easysapers frisa que os consultores determinam suas próprias taxas hora, estando portanto livres para cobrar o mesmo que cobrariam em uma consultoria tradicional, onde o modelo de contratação por projeto é difundido.

O time de fundadores da Easysapers é experiente no mercado SAP.  Sandaniel atua na área há 20 anos com passagens por cargos técnicos e de gestão de projeto na Cognizant, Neoris, Accenture e Itaú.

Além dele, integram o time de fundadores Rafael Canzani, ex-Seven Inovações e J&W; como CTO, e Thiago Mateus, ex-head de operações SAP da Brasap, uma companhia especializada em rollouts de projetos SAP no Brasil, como CEO.

A Easysapers tem no momento cinco projetos ativos e já entregou um total de 6 mil horas de consultoria desde a fundação, em agosto do ano passado. A lista inclui alguns grandes usuários de sistemas da SAP.

O volume faturado ainda é pequeno, mesmo comparado ao de uma consultoria tradicional de pequeno porte: entre agosto do ano passado e março deste ano, teve um faturamento de R$ 220 mil. Por outro lado, só em março o montante foi de R$ 58 mil, o que indica crescimento acelerado.

É significativo também o número de consultores cadastrados. Dos 400, cerca de 100 tem alguma certificação da SAP, o que é uma quantidade chamativa, tendo em conta que a estimativa da Easysapers é que existam 800 profissionais certificados SAP em todo o país.

A empresa está apostando em ser uma solução para o problema de orçamento que muitas áreas de TI no Brasil, mas também em tendências mais profundas em curso no universo SAP.

“A era das grandes implantações, com projetos com duração de anos, está acabando. O mercado está demandando implantações mais pontuais, entregas mais ágeis. Essa é a verdadeira oportunidade para nós”, conclui Sandaniel.