ENTIDADES

Leal é o novo VP executivo da Softex

21/05/2014 13:10

Ney Gilberto Leal.

Tamanho da fonte: -A+A

Ney Gilberto Leal é o novo vice-presidente executivo da Softex, organização focada em promover a exportação de software brasileiro sediada em Brasília.

O profissional assume no lugar de Marcos Mandacaru até outubro de 2015. Mandacaru saiu da Softex para assumir o cargo de assessor estratégico da presidência da Federação das Indústrias de Minas Gerais.

O vice-presidente executivo é o encarregado de fazer a gestão diária da Softex, respondendo ao presidente Ruben Delgado, responsável pela articulação política. 

Ney Leal foi sócio fundador da Agência de Inovação e Negócios (AIN); trabalhou na Politec, na Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento e na Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge).

“Atuaremos em sintonia com as diretrizes governamentais e em sinergia com as demais entidades setoriais em iniciativas voltadas para qualidade, capacitação, internacionalização, inteligência de mercado e inovação”, analisa Ney Leal.

O chamado Sistema Softex reúne mais de 2 mil empresas, atendidas por 20 agentes regionais.

Participam da gestão da Softex entidades como ABES, ABDI, Abinee, Abragames, Abvcap, Apex-Brasil, Anprotec, Assespro, Brasscom, além de órgãos de governo como Sebrae e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Veja também

EDUCAÇÃO
Brasil Mais TI lança nova plataforma

Projeto atua nas áreas de conhecimento, capacitação e oportunidade. 

EXPORTAÇÕES
Softex abre escritório em Singapura

Foco da companhia é gerar negócios no mercado asiático e também no Oriente Médio.

GUARDIÃO
Dígitro é a 2ª certificada Certics

A plataforma Intelletotum, base do Guardião, terá vantagens em licitações públicas.

GRC
Módulo é a 1ª no Certics

Empresa carioca de segurança da informação é a primeira do país receber o selo, com o qual terá vantagens em licitações públicas.

TECNOLOGIA
Campinas e Softex: aceleradora municipal

10 startups de base tecnológica com sede na cidade serão escolhidas para processo em 2014.

ENTIDADES
Assespro vira federação

Com a mudança, outras associações locais e entidades sem representação nacional poderão se federar na Assespro Nacional.