Pedro Bocchese.

A Faculdade da Serra Gaúcha começou a oferecer o curso de Graduação em Engenharia de Computação. 

A FSG recebeu autorização do Ministério da Educação, com conceito 4 (em escala de 1 a 5). As aulas serão noturnas e o curso terá a duração de 10 semestres.

A instituição já oferecia cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Segurança da Informação.

“De acordo com pesquisas, os engenheiros de computação estão entre as profissões de maior salário no país. É um mercado em franca e  constante expansão”, acredita o coordenador do curso, Pedro Bocchese.

O cursos são coordenados por Bocchese desde 2013. O profissional foi por quase 10 anos colaborador da DiUno, onde chegou a ser diretor técnico e atualmente é diretor da Núcleo Sistemas. 

Bocchese é mestre em Gestão de Políticas Públicas, pós-graduado em Engenharia de Software, possui graduação em Administração e cursa MBA em Sistemas da Informação. 

Fundada em 2003 por dois professores, a FSG é a segunda maior empresa de educação de Caixas do Sul. 

A companhia, que oferece cursos de graduação e pós-graduação para mais de dez mil alunos, também tem operações nas cidades de Bento Gonçalves, Farroupilha e Ijuí. 

Em março, a companhia foi adquirida pela Advent International, o que prenuncia um período de expansão das operações.

A aquisição da FSG é o segundo investimento da Advent no ensino superior. Entre 2009 e 2013, o fundo co-controlou a Kroton Educacional. 

Depois da compra da Advent, a Kroton multiplicou sua base de alunos em 25 vezes, de 40 mil para mais de 1 milhão de alunos, e realizou sete aquisições, incluindo Iuni, Unopar, Uniasselvi e realizou a fusão com Anhanguera.