Mesmo com aumento, empresa atua com apenas 13% da capacidade. Foto: divulgação.

A Gol, que até então estava concentrando todas suas atividades em Guarulhos, São Paulo, vai voltar a operar em Congonhas, na capital paulista, restabelecendo as decolagens do aeroporto para Florianópolis e Navegantes, em Santa Catarina.

De acordo com a Revista Amanhã, as rotas serão retomadas no dia 10 de junho com quatro voos semanais: segunda, quinta, sexta e domingo.

No mesmo dia, a Gol reabrirá sua base em Chapecó, também em Santa Catarina, com três voos semanais, nas segundas, quartas e sextas. Neste caso, a comunicação é com Guarulhos. 

A partir de Congonhas, a empresa também estabeleceu novos horários corporativos para Curitiba e Porto Alegre, com dois voos nos dias úteis e um aos domingos.

As duas capitais também vão voltar a se conectar com o Galeão, no Rio de Janeiro. Serão seis frequências semanais, de segunda a sexta e aos domingos.

No total, a empresa terá 20 voos com início em 10 de junho. A retomada sutil faz parte das alterações da Gol anunciadas para junho, que têm vigência até o final do mês. Neste planejamento, os voos internacionais ainda estão descartados.

Somados aos que já estavam em funcionamento, serão 100 voos diários nacionais, o que representa um acréscimo de 47% em relação ao mês anterior. 

Comparando-se com as operações vigentes no período que antecedeu a chegada do coronavírus ao Brasil, essa centena ainda representa uma redução de cerca de 87% na capacidade da companhia. 

Normalmente, a Gol oferece mais de 750 voos diários para mais de 100 destinos no Brasil, América do Sul, Caribe e Estados Unidos.

São mais de 37 milhões de passageiros anualmente, além do negócio de logística e transporte de cargas, que atende mais de 3,4 mil municípios brasileiros e chega a mais que 200 destinos internacionais em 95 países.

Com sede em São Paulo, a companhia tem uma equipe de aproximadamente 16 mil profissionais e opera uma frota de 137 aeronaves Boeing 737.

As ações da empresa são negociadas na B3 e na NYSE.