O faturamento do varejo online no ano passado foi de R$ 25 bilhões. Foo: flickr.com/photos/shardayyy

Tamanho da fonte: -A+A

A Braspag, empresa do grupo Cielo, uniu-se ao Ibope e-commerce com o objetivo de mensurar o número de conversões para vendas online no Brasil. De acordo com os dados, a projeção de crescimento do setor no País para 2014 é de 30%, alcançando os R$ 32,5 bilhões.

Em 2013, o faturamento do varejo online foi de R$ 25 bilhões. A pesquisa foi mensurada no período de janeiro a março deste ano, mostrando que, no Brasil, a taxa de conversão total de pedidos pagos foi de 1,46%. Nos Estados Unidos, o número médio de conversões foi de 3,01% no terceiro quadrimestre de 2013. 

Um aumento estimado na conversão de vendas de 1,46% para 2% traria um impacto no mercado nacional maior do que o crescimento de 30% projetado para o ano, "o que significaria R$ 9,2 bilhões a mais no faturamento do setor", explica Gastão Mattos, CEO da Braspag.

Além disso, Mattos afirma que a união das duas empresas torna possível o monitoramento da conversão de vendas realizandas pela internet, os motivos para que estas ocorram ou não, além de todo o tráfego de acesso nos sites de compras e o perfil dos usuários, não limitado aos clientes da Braspag.

Os dados foram anunciados nesta terça-feira, 20, durante a eShow, feira de e-commerce, marketing online, hosting & cloud computing da América Latina, em palestra ministrada pelo CEO e Alexandre Crivellaro, diretor executivo do IBOPE.

A primeira amostragem realizada pela Braspag em parceria com o IBOPE e-commerce serviu como base para validar uma plataforma de avaliação do setor que está sendo desenvolvida para os lojistas.

Com esta plataforma, será possível que os varejistas verifiquem o seu posicionamento em relação ao mercado e ao segmento no qual atuam. A plataforma também permite a verificação do perfil dos consumidores, garantindo informações mais detalhadas para empresas elaborarem suas estratégias de vendas.