Mirian Macedo, diretora de RH da Digisystem. Foto:

A Digisystem, integradora de TI atuante em todo Brasil, adotou a solução da Kenoby, startup de recrutamento e seleção, para abertura de 41 novas vagas na área de tecnologia para atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Com investimento de R$ 50 mil durante o ano de 2021, o contrato foi firmado em janeiro e a parametrização necessária teve início no mês seguinte, com duração de 45 dias. A expectativa é de que as novas vagas sejam preenchidas até o final do mês de maio.

Segundo a empresa, o objetivo é melhorar o processo de recrutamento, seleção e atração de novos talentos para a Digisystem, reduzindo o tempo de contratação, melhorando a eficiência dos processos e oferecendo uma experiência melhor aos candidatos. 

"Parcerias como essa ajudam os times de recrutamento e seleção a encontrar os candidatos mais bem capacitados para as oportunidades, em menos tempo e de forma ágil e assertiva. Além disso, facilita o processo de inscrição nas vagas para os candidatos, que podem importar o seu CV de forma automática", afirma Mirian Macedo, diretora de RH da Digisystem. 

As vagas abertas abrangem os modelos de trabalho remoto e presencial e a remuneração dos cargos varia entre R$ 1,6 mil e R$ 14 mil. Todas as oportunidades encontram-se na página de carreiras da Digisystem.

Aqueles que não se enquadram nas vagas disponíveis poderão disponibilizar o currículo para oportunidades futuras. “Sempre buscamos candidatos que já estão no nosso banco para novas oportunidades", acrescenta Macedo.

Há 29 anos no mercado, a Digisystem conta com mais de 600 profissionais atuando em 10 estados brasileiros com marcas como IBM, Philips, Microsoft e Oracle. A empresa atende mais de 300 clientes de segmentos como educação, governo, indústria, saúde, finanças, utilities e varejo.

Fundada em 2015, a Kenoby é liderada por Marcel Lotufo, um ex-headhunter, e tem sede em São Paulo. Em 2020, a startup recebeu um aporte de R$ 20 milhões de investimento em rodada série A liderada pelo Astella, um dos principais fundos de venture capital do país.

Entre as companhias que utilizam a ferramenta, estão Hotmart, Loggi, McDonald’s, Leroy Merlin, Kroton e Renault-Mitsubishi-Nissan.