Virgílio Gibbon, CEO da Afya Educacional. Foto: divulgação

A Afya Educacional, grupo de faculdades focado em medicina, anunciou a aquisição do Cliquefarma, site especializado na comparação de preços de medicamentos e outros produtos de saúde, por R$ 19 milhões.

Do valor total, 15,8% serão pagos em ações da Afya e 84,2%, em dinheiro, na data de fechamento da compra.

A Cliquefarma, fundada em 2010 por Ângelo Alves e Cezar Machado, funciona como um buscador, permitindo que o consumidor tenha acesso a uma lista com todas as drogarias que possuem o produto procurado e os preços cobrados por cada uma delas, além da bula do produto. 

Assim, ao selecionar a drogaria de preferência, o consumidor é redirecionado ao site correspondente para finalizar sua compra.

Em 2020, a Cliquefarma teve crescimento de 52,9% em relação a 2019, com 16,8 milhões de visitantes únicos no ano e R$ 43,2 milhões em transações nos sites das drogarias participantes.

No momento, a empresa conta com mais de 5 mil farmácias e 1,7 milhão de consumidores por mês.

"A Cliquefarma chega à Afya para agregar à nossa estratégia digital, auxiliando médicos e pacientes a encontrar os melhores preços de medicamentos. Essa aquisição irá complementar o ferramental de serviços digitais que estamos oferecendo aos médicos, especialmente no pilar de prescrição digital", ressalta Virgílio Gibbon, CEO da Afya Educacional.

Essa é a sexta aquisição da Afya no segmento de serviços digitais.

Em julho, a PEBMED, plataforma tecnológica de auxílio à tomada de decisões clínicas, marcou a entrada da Afya nesse ecossistema.

Cerca de quatro meses depois, o grupo comprou a Medphone, que complementa a oferta da PEBMED de suporte à decisão clínica e, em janeiro, foi concluída a aquisição da iClinic, de prontuário médico eletrônico e ferramentas de gestão na nuvem para consultórios e clínicas.

Já em março, foi a vez da Medicinae, fintech que permite o controle do fluxo de caixa do consultório e dos recebíveis em uma única plataforma. 

Recentemente, foi comunicado ao mercado a aquisição da Medical Harbour, especializada em virtualização de imagens de anatomia e radiologia.

"Com essas aquisições, estamos reunindo talentos que pensam em saúde com tecnologia e com soluções inovadoras para ajudar a rotina de seus pares. Estamos reunindo experts em um grande time da Afya Digital para oferecer serviços ainda mais relevantes para os médicos de todo o país", completa Gibbon.

A Afya nasceu em 2019 com a fusão entre as marcas NRE Educacional e Medcel e a abertura de capital na Nasdaq, mas a primeira faculdade de medicina do grupo começou a operar em 1999, no Tocantins. Desde então, formou mais de 10 mil médicos.

Com 2.303 vagas anuais, hoje a oferta de cursos de graduação da Afya chega a 11 estados e a pós-graduação médica, a 10 capitais brasileiras.